Tomas Berdych

Tomas Berdych (Crédito: Divulgação)

TÊNIS NEWS
05/05/2016
11:53
MADRI (ESP)

O tcheco Tomas Berdych, 8º da ATP, conseguiu uma grande vitória sobre o espanhol David Ferrer, 9º, em uma lotada quadra Arantxa Sánchez, segunda maior da Caja Magica, complexo que recebe o Masters 1000 de Madri. Ele fez 7/6(8) e 6/4, em 1h55min.

Foi a sexta vitória de Tomas sobre David, que venceu 8 dos 14 confrontos disputados entre eles.

Na primeira etapa, apenas uma chance de quebra, devidamente salva pelo espanhol. No tiebreak, muitas reviravoltas; Berdych sacou para fechar o set, mas não conseguiu fazê-lo. Quando todos pensavam que o tcheco, que tem fama de ‘amarelão’, entregaria o tiebreak para o raçudo espanhol, ele foi para cima com lucidez e conseguiu capturar a parcial com um duríssimo 10/8.

Na segunda etapa, os tenistas trocaram quebras no início. Depois, o 8º do ranking conseguiu vazar o saque do adversário novamente, pegando a faca e o queijo para avançar às quartas de final.

No entanto, como já foi mencionado, Berdych não é o tenista mais confiável nos momentos decisivos, e, sacando em 5/4, jogou muito mal, contrastando com o elétrico Ferrer. Com uma dupla falta, o tenista do Leste Europeu entregou seu saque.

Mas o jogo era mesmo de Tomas Berdych. Ele voltou a jogar bem no décimo primeiro game, quebrou o saque de David pela terceira vez em uma devolução indefensável e sacaria para fechar o set em 7/5.

No 12º game, o tcheco cometeu dois erros e teve dois break points contra, mas manteve-se calmo, salvou as chances e fechou a partida, depois de quase duas horas de batalha.

Nesta sexta-feira, ele terá mais uma parada duríssima, quando encarará o britânico Andy Murray, 2º do ranking, que passou por cima do francês Gilles Simon.