Tomas Berdych durante partida contra Stanislas Wawrinka (Foto: Paul Crock/ AFP)

Tomas Berdych (Foto: Paul Crock/ AFP)

TÊNIS NEWS
18/02/2016
23:32
MARSELHA (FRA)

Em jogo duro, o tcheco Tomas Berdych, 8º colocado no ranking da ATP, bateu a revelação alemã Alexander Zverev, 56º, de 18 anos, pela 2ª rodada do ATP 250 de Marselha, na França. O placar foi 6/3, 3/6 e 7/5, e a partida durou 2h07.

O primeiro e o segundo sets foram semelhantes, com a diferença no aproveitamento de saque de Berdych: enquanto ele usou, no primeiro set, o alto aproveitamento de primeiro saque como arma para sofrer apenas uma quebra do jovem alemão, ao passo em que o quebrou duas vezes, na segunda parcial ele teve que jogar mais com o segundo serviço, ficando bastante vulnerável. O fator preponderante para ter perdido a segunda etapa, no entanto, foi o altíssimo aproveitamento de Zverev no serviço: ele perdeu apenas um ponto em seu saque, no set inteiro. Sem ceder nenhuma chance de quebra, obviamente, e aproveitando uma das duas que teve, o alemão levou o jogo para uma terceira e decisiva parcial.

Nela, Berdych continuou sacando bem abaixo de seu nível, mas o aproveitamento de Zverev caiu bastante, possibilitando que o tcheco tivesse chances. Ele aproveitou uma, quebrou o saque do alemão e foi sacar em 5/3, para se garantir nas quartas. Mas ainda não era a hora, e Alexander quebrou seu saque, empatando a partida logo em seguida. Quando parecia que o jogo ia ao tiebreak do set decisivo, Berdych confirmou o saque em 5/5 e pôs pressão no saque do jovem, que não resistiu e cedeu a quebra no último game da partida. 7/5 na terceira parcial, e Tomas Berdych era o último quadrifinalista do torneio francês em 2016.

Agora, ele enfrenta o belga David Goffin, 17º do ranking, na noite de sexta, na França.

KYRGIOS, GASQUET E PAIRE TAMBÉM PASSAM
Nos outros jogos do dia, o polêmico australiano Nick Kyrgios venceu o russo Teymuraz Gabashvili, por um duplo 6/4, e enfrentará o dono da casa Richard Gasquet, 10º do ranking, por uma vaga na semifinal. O francês venceu o sempre perigoso letão Ernests Gulbis, por 7/6(5) e 6/3.

Quem também avançou foi Benoit Paire, oitavo cabeça de chave, que bateu o compatriota e também local Vincent Millot, que veio do qualifying, por 6/3, 1/6 e 6/3. Na sequência, uma pedreira: o suíço Stan Wawrinka, 4º do Mundo.

No outro jogo de quartas de final, o croata Marin Cilic, quarto pré classificado e 12º do Planeta, pega o russo Andrey Kuznetsov, 54º, que venceu o também francês Quentin Halys, convidado da organização, em dois sets.