Thomaz Bellucci em Paris

Thomaz Bellucci em Paris. Crédito: Getty Images/Latam

Tênis News
17/05/2016
12:32
Genebra (Suíça)

O número um do Brasil e 39º do mundo, Thomaz Bellucci, teve uma estreia contundente na chave do ATP de Genebra, na Suíça, onde defende o título. Bellucci superou o cazaque Mikhail Kukushkin, 81º, e agora encara o argentino Federico Delbonis.

Em 1h07 de partida, o brasileiro dominou a partida do inicio ao firme fechou o placar em 6/2 6/1 tendo convertido três aces contra um do rival, que venceu apenas 48% dos pontos jogados em seu primeiros erviço contra 70% do paulista de Tietê.

Com retrospecto negativo em 2x0 para o cazaque, o brasileiro entrou em quadra com uma tática bem definida, que estava em forçar saque colocado e trabalhar as variações de seu forehand com bolas pesada, rápidas e fundas. A tática pareceu surpreender Kukushkin, que cometeu erros não habituais e que desestabilizou seu backhand na paralela, uma de suas armas de defesa para ser agressivo.

O primeiro set começou com Bellucci se complicando em game praticamente ganho e vendo o rival sacar e confirmar de zero. O jogo encaixou para o brasileiro do terceiro game em diante, onde ao colocar sua tática em quadra confirmou rapidamente e pressionou o cazaque por cinco igualdades arrastando o quarto game. A quebra só veio para o brasileiro no sexto game, em belo forehand de dentro pra fora e a partir daí só deu Bellucci, que resistiu às investidas do rival salvando breakpoint com bela cruzada e conquistando nova quebra de saque no oitavo game em forehand na paralela.

Firme em sua tática, o brasileiro iniciou o segundo set confirmando com tranquilidade e quebrando o rival na sequência. Errando e um pouco pressionado, o brasileiro salvou duas chances de quebra no terceiro game, fez 3/0 no placar e passou a administrar a vantagem sem deixar a postura agressiva. Uma nova quebra veio a favor de Bellucci no sétimo game e ele sacou para a partida.

Com bom retrospecto no saibro suíço, tendo vencido três de seus quatro títulos ATP no país, sendo o bicampeonato em Gstaad (2009 e 2012) e Genebra (2015), o canhoto de Tietê encara nas oitavas de final o sexto favorito da chave o argentino Federico Delbonis, 33º, que venceu em sua etsreia o sérvio Janko Tipsarevic.

Bellucci e Delbonis já se enfrentaram seis vezes no circuito profissional, o argentino tem a vantagem em 4/2 no confronto direto. Todos os encontros entre eles foram disputados no saibro e curiosamente os dois se enfrentaram duas vezes no saibro suíço de Gstaad, em 2013 Delbonis venceu e em 2014 Bellucci.