Thomaz Bellucci em Paris

Thomaz Bellucci em Paris. Crédito: Getty Images/Latam

TÊNIS NEWS
12/01/2016
16:53
Sydney (Austrália)

Com apenas treze games vencidos, nenhum set no bolso e duas derrotas, Thomaz Bellucci vive em 2016 seu pior pré-Australian Open da carreira somando duas derrotas, ambas em primeiras rodadas nos ATPs 250 de Brisbane, na Austrália, e Sydney, no mesmo país.

Em Brisbane a queda foi diante do 16º do mundo, o belga David Goffin, e nesta terça para Aleksandr Dolgopolov, 36º, fazendo apenas cinco games em sua primeira participação na sede das Olimpíadas de 2000.

Em 2009 o brasileiro não jogou a chave principal de nenhum evento antes, com ranking mais baixo ele disputou o quali em Auckland, na Nova Zelândia, e Brisbane, mas mesmo assim venceu três partidas. Entre 2010 e 2013 sempre passou rodadas nas primeiras competições do ano com destaque para 2010 com quartas em Brisbane e oitavas na Nova Zelândia. Em 2014 ele foi direto para Melbourne jogar o Grand Slam e em 2015 disputou apenas uma competição, em Auckland onde caiu em dois sets diante do tcheco Jiri Vesely. Em 2008 e nas temporadas anteriores o brasileiro jogou eventos pelo Brasil e não esteve na série da Oceânia.

O desafio do paulista agora é dar a volta por cima e quebrar um jejum no Aberto da Austrália que começa no dia 18. Ele jamais passou da segunda rodada. O último brasileiro a obter esse feito foi Gustavo Kuerten, em 2004, sua única vez na rodadae melhor campanha em solo australiano.