HOME - Thomaz Bellucci x Steve Johnson - Australian Open (Foto: William West/AFP)

HOME - Thomaz Bellucci x Steve Johnson - Australian Open (Foto: William West/AFP)

TÊNIS NEWS
07/02/2016
18:34
Quito (Equador)

Depois de um bom começo e um tênis sólido por quase dois sets inteiros, Thomaz Bellucci, 35º do mundo, não jogou bem na hora decisiva e acabou com o vice-campeonato levando a virada do dominicano Victor Estrella Burgos, 58º colocado.

O brasileiro foi derrotado no saibro equatoriano por 2 sets a 1 com parciais de 4/6 7/6 (7/5) 6/2 após 2h02min de duração.

Estrella, aos 35 anos, ergue o bicampeonato e seu segundo título ATP na carreira e o canhoto brasileiro perde mais uma no mesmo local para ele repetindo 2015 quando caiu na semifinal em dois sets apertados.

Bellucci jogou sua sétima final de ATP e permanece com quatro títulos. Ele ganhou pela primeira vez em Gstaad, na Suíça, em 2009 e repetiu em 2012 o feito. Faturou também em Santiago, no Chile, em 2010, e Genebra, ,na Suíça, ano passado. É a segunda vez que vence um ATP na América do Sul. Foi vice no piso rápido de Moscou, na Rússia, em 2012, e no saibro da Costa do Sauípe (BA) em 2009.

O jogo
Um primeiro set onde os serviços foram eficientes até Bellucci quebrar no 4/4 explorando o backhand de slice do rival e colher erros para fechar por 6/4 com ponto estranho onde os dois escorregaram. 29 minutos de parcial.

Na segunda etapa o brasileiro começou tendo dois breaks, mas Estrella não deixou jogar, sacou muito bem. O duelo seguiu saque a saque até Bellucci ter outra chance no 5/5, mas errou devolução. No tie-break o canhoto brasileiro abriu 3 a 1, mas errou forehand e depois tomou um winner na linha. Estrella abriu 6 a 4 e fechou com bom serviço na segunda chance por 7/6 (7/5) em uma hora.

Na etapa final o brasileiro perdeu a intensidade e Burgos jogou com menos potência, mas variando e ficando mais no ponto. Foi o suficiente pro brasileiro cometer erros e ser quebrado após longo ponto no primeiro game. Bellucci livrou dois breaks no 3/1 abaixo, teve um 15/30 onde jogou duas devoluções pra fora e a cabeça foi embora de vez. Mais erros e um Burgos inteligente só na consistência para fechar com bons saques e não acreditar na nova façanha: 6/2.