Thomaz Bellucci saca em partida de 4ª de final contra Bernard Tomic

Foto: Divulgação Zhenzen Open

Tênis News
21/10/2016
11:35
Moscou (Rússia)

O número um do Brasil e 62 do mundo, Thomaz Bellucci, bem que tentou voltar ao top 50 da ATP, mas parou nas quartas de final do ATP 250 de Moscou, na Rússia, diante do alemão Philipp Kohlschreiber, 32º e terceiro favorito do torneio.

Kohlschreiber precisou de 1h16 para superar o brasileiro com certa tranquilidade no placar de 6/4 6/2 tendo convertido sete aces contra dois de Bellucci, que venceu 61% dos pontos jogados em seu primeiro serviço contra 75% de aproveitamento do alemão.

A partida começou com Bellucci com dificuldades de encaixar seu primeiro serviço e tomando a quebra já no primeiro game. Em desvantagem, o brasileiro passou a jogar pressionado, atrás do placar, mas pouco pode diante do alemão, que sacou firme desde o inicio da partida e conseguiu muitas definições de ponto na segunda bola com backhand afiado. O brasileiro bem que tentou, fez pontos nos games do alemão, mas não o ameaçou.

O segundo set começou exatamente como no primeiro, quebrado já no primeiro game o brasileiro tentou reagir, levou o segundo game a 40-40, mas não foi efetivo, acabou quebrado novamente e viu o rival abrir 4/0 no placar. Foi ficando difícil para o paulista de Tietê, que mesmo conquistando pontos em boas disputas no game do rival sequer teve um breakpoint na partida.

Na semifinal, Kohlschreiber encara o italiano Fabio Fognini, 50º, que dominou e venceu o segundo cabeça de chave, o espanhol Albert Ramos, 31º, por um duplo 6/2.