icons.title signature.placeholder TÊNIS NEWS
icons.title signature.placeholder TÊNIS NEWS
21/08/2015
22:50

Os brasileiros Thomaz Bellucci  e João Souza, o "Feijão", conheceram nesta sexta-feira a chave principal do ATP 250 de Winston Salem, nos Estados Unidos, último torneio preparatório para o US Open e que encerra a US Open Series.



Garantido como cabeça de chave no US Open, Bellucci, número um do país e 33 do mundo, é o sexto pré-classificado e saiu adiantado na chave de 48 jogadores. Ele estreia na segunda rodada contra o australiano James Duckworth, 92º colocado, ou um qualifier.

Já Feijão, 90º colocado e segundo do país, estreia contra o tunisiano Malek Jaziri, 89º na tabela da ATP. No único jogo até hoje entre os dois, o brasileiro venceu em três na primeira rodada do ATP 250 de Doha, no Qatar, na primeira semana do ano. 

Feijão vem de uma série negativa de dez derrotas consecutivas no circuito ATP e não vence um jogo em torneio de primeira linha do circuito desde o Rio Open, em fevereiro.

O principal favorito ao título é o francês Gilles Simon, número 11 do mundo, que estreia contra o britânico Aljaz Bedene (58º) ou um qualifier. O segundo cabeça de chave é o sul-africano Kevin Anderson, 15º, que enfrenta o francês Nicolas Mahut (65º) ou o cazaque Mikhail Kukushkin (54º).

O torneio é disputado no piso rápido e distribui cerca de US$  616 mil em premiação.

Os brasileiros Thomaz Bellucci  e João Souza, o "Feijão", conheceram nesta sexta-feira a chave principal do ATP 250 de Winston Salem, nos Estados Unidos, último torneio preparatório para o US Open e que encerra a US Open Series.



Garantido como cabeça de chave no US Open, Bellucci, número um do país e 33 do mundo, é o sexto pré-classificado e saiu adiantado na chave de 48 jogadores. Ele estreia na segunda rodada contra o australiano James Duckworth, 92º colocado, ou um qualifier.

Já Feijão, 90º colocado e segundo do país, estreia contra o tunisiano Malek Jaziri, 89º na tabela da ATP. No único jogo até hoje entre os dois, o brasileiro venceu em três na primeira rodada do ATP 250 de Doha, no Qatar, na primeira semana do ano. 

Feijão vem de uma série negativa de dez derrotas consecutivas no circuito ATP e não vence um jogo em torneio de primeira linha do circuito desde o Rio Open, em fevereiro.

O principal favorito ao título é o francês Gilles Simon, número 11 do mundo, que estreia contra o britânico Aljaz Bedene (58º) ou um qualifier. O segundo cabeça de chave é o sul-africano Kevin Anderson, 15º, que enfrenta o francês Nicolas Mahut (65º) ou o cazaque Mikhail Kukushkin (54º).

O torneio é disputado no piso rápido e distribui cerca de US$  616 mil em premiação.