Martina Hingis e Victoria Azarenka na premiação do Australian Open (Foto: Tim Wimborne/Reuters)

Martina Hingis e Victoria Azarenka na premiação do Australian Open (Foto: Tim Wimborne/Reuters)

Tênis News
08/01/2016
11:15
Brisbane (Austrália)

A ex-número um do mundo e atual 22ª, Victoria Azarenka, teve um inicio avassalador, oscilou, mas conseguiu superar a qualifier norte-americana Samantha Crawford, 142ª, e decidirá o título do WTA de Brisbane, na Austrália, contra Angelique Kerber.

Em um jogo em que a bielorrussa foi da tática quase perfeita ao nervosismo, Azarenka precisou de 1h08 para fechar o placar em 6/0 6/3 tendo visto a rival disparar cinco aces contra nenhum de Azarenka, que venceu 66% dos pontos jogados com primeiro serviço contra 46% da rival.

Após um primeiro set avassalador com 22 minutos de duração e apenas quatro pontos perdidos em seu game de saque, três deles em erros dela própria, Azarenka entrou confiante a encerrar a partida contra Crawford antes de uma hora. Apesar de manter o ritmo, a bielorrussa foi tomara pela ansiedade, com pressa de definir pontos cometeu erros e mesmo tendo 4/1 no placar vacilou e teve seu saque quebrado. Crawfor ensaiou uma reação, mas foi quebrada na sequência.

Daí, com 5/2 no placar a favor da bielorrussa, as duas tenistas trocaram mais quebras de saque, uma para cada, até fecharem a partida.

Na grande final do torneo australiano, Azarenka, que é dona de dois títulos do Australian Open, encara a alemã Angelique Kerber, décima da wTA, que não teve dificuldades de superar a espanhola Carla Suárez Navarro, 13ª, em 1h15 de partida pelo placar de 6/2 6/3.

Kerber e Azarenka se enfrentaram cinco vezes no circuito profissional. Todas as partidas foram vencidas pela bielorrussa. Esta será a primeira final entre elas.

Kerber encara Hingis nas duplas


Além da final de simples, Kerber terá neste sábado pela frente o confronto que decide o título das duplas. Jogando ao lado da compatriota Andrea Petkovic, sua possível parceira na disputa Olímpica das duplas femininas, superou a parceria espanhola de Anabel Medina Garrigues e Arantxa Parra de virada por 2/6 6/3 10/2.

Na grande final as alemãs encaram a melhor dupla do mundo formada pela ex-número um em simples, Martina Hingis e a indiana Sania Mirza, que venceram a parceria das russas Alla Kudryatseva e Andreja Klepac em 6/3 7/5.