Marcelo Melo e Ivan Dodig

Divulgação

Tênis News
01/11/2016
15:48
Paris (França)

Além da comemoração do título, que veio de virada em cima do austríaco Oliver Marach e do francês Fabrice Martin (4/6, 6/3 e 13/11), os jogadores ainda tem outra novidade: Melo e o polonês formarão dupla fixa para a temporada de 2017.

“Eu e o Lukasz jogamos muito bem juntos, desde o início. Tivemos um bom desempenho nos torneios da Ásia, passamos por uma semifinal importante contra os irmãos Bryan em Viena e conseguimos defender o título em um belo jogo, o que é muito importante nesse fim de temporada”, comenta o atleta patrocinado pela Centauro, Marcelo Melo.

O começo da parceria já está marcado para o ATP 250 de Sydney, logo no início de 2016. Em seguida, Melo e Kubot seguirão para o primeiro Grand Slam do ano, o Autralian Open.

“O Lukasz é um atleta completo, com todas as habilidades necessárias, além de ser um jogador agressivo. Nosso jogo combina muito bem para formarmos uma boa dupla. Esses motivos somados aos nossos últimos resultados nos fizeram decidir ir em busca de mais, agora juntos”, explica o brasileiro.

Marcelo Melo ainda tem pela frente outros dois torneios, antes do encerramento da temporada 2016. Com Vasek Pospisil, o tenista disputará o Masters 1000 de Paris e, ao lado de Ivan Dodig, jogará o ATP Finals, que marcará o encerramento da parceria com o croata. Juntos eles venceram grandes e importantes torneios nos últimos anos, como o Roland Garros de 2015, que contribuiu para a arrancada do brasileiro ao posto de número 1 do mundo. A decisão de não atuarem mais lado a lado foi um consenso da dupla, pois em 2017 Dodig deve se dedicar significativamente aos torneios de simples.