André Sá no evento-teste da Olimpíada

André Sá no evento-teste para as Olimpíadas 2016 (Crédito: Christiano Andujar)

TÊNIS NEWS
20/03/2016
17:54
IRVING (EUA)

André Sá (Phoods/Ferraz & Cicarelli Advogados/Correios/Asics), 55º do ranking da ATP, foi derrotado, neste domingo, na decisão de duplas do forte challenger de Irving, nos Estados Unidos, torneio com premiação de US$125 mil, mais hospedagem.

Sá, natural de Belo Horizonte (MG), mas radicado em Blumenau (SC), desde 2003, e o parceiro australiano Chris Guccione, dupla segunda favorita ao título no Texas, caíram para os primeiros favoritos, o americano Nicolas Monroe e o paquistanês Aisam-Ul-Haq Qureshi, por 6/2, 5/7 e 10/4, em 1h23min.

Sá/Guccione perdeu o primeiro set com certa facilidade, sendo quebrado duas vezes pelos adversários. Na segunda parcial, as duas parcerias tiveram o saque vazado duas vezes, até que a dupla de Sá conseguiu mais uma quebra no saque derradeiro da parceria adversária, quando esta sacava em 5/6, e levou o jogo para o super tiebreak, onde aqueles que fazem dez pontos são os vencedores. Neste cenário, a dupla formada pelo paquistanês e o americano levou a melhor, fazendo 10/4 e fechando o jogo em 1h23min.

SOBRE ANDRÉ SÁ
Sá já foi 17º do mundo nas duplas e fez semifinal em Wimbledon em 2007 com Marcelo Melo. Possui oito títulos de ATP na categoria, um deles este ano, em Buenos Aires, na Argentina. Em simples, já esteve no top 50 e a expressiva quartas de final em Wimbledon, em 2002, quando foi derrotado somente pelo especialista inglês Tim Henman, é o seu melhor resultado da carreira.

Muito atuante nos bastidores, Sá é membro do Conselho Geral dos Jogadores da ATP que discute e vota sobre mudanças e atualizações para o circuito mundial de tênis. É também membro do Conselho de Jogadores da Confederação Brasileira de Tênis.