André Sá em Umag. Crédito: Neven Gerencir

http://www.lance.com.br/tenis/meligeni-concordam-guga-topo-mudou-realidade-tenis-brasil.html

TÊNIS NEWS
12/01/2016
08:55
Auckland (Nova Zelândia)

André Sá, número três do Brasil e 42º do ranking da ATP, tem estreia marcada para não antes de 1h30, no horário de Brasília, na madrugada desta quarta-feira no ATP 250 de Auckland, na Nova Zelândia, evento com premiação de US$ 463 mil, jogado no piso rápido, a última preparação para o Australian Open, primeiro Grand Slam que começa dia 18.

Sá, natural de Belo Horizonte (MG), mas radicado em Blumenau (SC) desde 2003, e o parceiro fixo, o australiano Chris Guccione, estreiam diante do local Michael Venus e o croata Mate Pavic no terceiro jogo da quadra 2. Existe a possibilidade de mudança de quadra dependendo de como andar a programação: "Chave dura, jogar contra um local é sempre mais complicado pois ela estará mais que focado. Precisamos entrar bem e aproveitar nossas chances", disse André que disputou quatro finais de ATP no ano de 2015, com título em Nottingham, na Inglaterra, e vice em Shenzhen, na China, os dois com Guccione, mais dois canecos em Buenos Aires, na Argentina, com Jarkko Nieminen (Finlândia) e Umag, na Croácia, com Máximo Gonzalez (Argentina).

Em 2016, André buscará disputar sua 4ª Olimpíada. Ele é o brasileiro com mais participações nos Jogos com três disputados em 2004, an Atenas, na Grécia, com Flávio Saretta, em 2008, em Pequim, na China, com Marcelo Melo, e 2012, em Londres, na Inglaterra, com Thomaz Bellucci.