Tomas Berdych

Tomas Berdych na Copa Davis. Crédito: Divulgação

Tênis News
24/10/2016
19:17
Viena (Áustria)

O georgiano Nikoloz Basilashvili, 107º do ranking da ATP, alcançou a maior vitória de sua carreira ao superar o tcheco Tomas Berdych, nono do ranking da ATP, na estreia da chave principal do ATP 500 de Viena, na Áustria. Berdych pode ficar de fora do Finals.

Após eliminar o brasileiro Thomaz Bellucci na estreia do qualifying do torneio vienense, Basilashvili furou o quali e precisou de 2h35 para superar o tcheco pelo placar de 6/4 6/7(5) 7/5 na primeira rodada da chave principal. Segundo cabeça de chave do torneio, Berdych disparou 13 aces contra cinco do georgiano.

Basilashvili iniciou a partida bem, conquistou a quebra de saque no sétimo game da primeira etapa e administrou. No segundo set, os tenistas brigaram muito, Berdych salvou cinco chances de quebra, não ameaçou o adversário, levou para o tiebreak, onde venceu em erro do georgiano.

No set decisivo Basilashvili conquistou a quebra de saque no quarto game, viu o tcheco devolver na sequência, voltou a trocar quebras no sétimo e oitavo game e conquistou a quebra que fecharia a partida no décimo segundo game, jogando de maneira sólida.

Na segunda rodada, Basilashvili encara o russo Karen Khachanov que venceu o italiano Andreas Seppi por um duplo 6/4.

O resultado complica a vida de Tomas Berdych, que é o último classificado ao ATP Finals neste momento. Por ter caído na primeira rodada da competição austríaca, o tcheco precisa torcer contra o belga David Goffin e o croata Marin Cilic, cao o primeiro alcance a final do ATP 500 da Basileia ou o segundo seja campeão no mesmo torneio, Berdych estará de fora do ATP Finals pela primeira vez em seis anos.