TÊNIS NEWS
10/02/2016
14:08
ROTERDÃ (HOL)

O espanhol Roberto Bautista Agut, 17º da ATP, manteve a boa fase e bateu, por 7/6(4), 1/6 e 6/3, o perigoso português Joao Sousa, pela segunda rodada do ATP 500 de Roterdã, na Holanda, disputado em piso duro, distribuindo €1,597,155 em prêmios.

A vitória no primeiro set foi decisiva. Com uma quebra para cada lado, Agut, já campeão em dois ATPs 250 neste ano, em Auckland e Sofia, foi melhor no tiebreak, vencendo por 7/4.

Depois de um segundo set ruim, quando foi duas vezes quebrado e derrotado facilmente por 6/1, o espanhol aproveitou a única chance que teve para quebrar o saque do adversário, salvou um break point contra e cravou 83% de aproveitamento no primeiro saque para fazer 6/3 e marcar um encontro com Jiri Vesely nas quartas de final, que serão jogadas na sexta feira.

Ele busca superar seu melhor ranking, que foi o 14º lugar em 2014, e conquistar o terceiro título na temporada 2016.

CILIC VENCE EM DOIS TIEBREAKS; CHARDY PREVALECE EM BATALHA
O croata Marin Cilic, campeão do US Open 2014 e atual 13º da ATP, passou pelo luxemburguês Giles Muller em dois tiebreaks: 7/6 (2)e 7/6(7). Como esperado, os dois fizeram um duelo de sacadores, e nenhuma quebra foi conseguida durante as exatas duas horas em que os dois estiveram na quadra central. Sem ceder nenhuma chance de quebra, mas perdendo cinco oportunidades no saque de Muller, 40º, o croata foi melhor nos tiebreaks, avançando as quartas de final, quando enfrentará o perigoso alemão Philipp Kohlschreiber, que passou em dois sets pelo parceiro de duplas de Marcelo Melo, Ivan Dodig: 6/4 e 6/2.

No outro jogo da rodada, uma guerra entre Jeremy Chardy, da França, e Evgeny Donskoy, da Rússia: 6/7(9), 6/4 e 7/6(8), em 2h20. Com poucas chances de quebra para os dois lados, o jogo acabou sendo decidido em dois inevitáveis tiebreaks, que foram ganhos no detalhe. Ao final, Chardy passou e pegará, nas quartas, seu compatriota Nicolas Mahut.