Filipe Toledo

Filipe Toledo ficou fora de duas etapas nessa temporada, por uma lesão na perna (Foto: DIvulgação/WSL)

LANCE!
10/05/2016
09:35
São Paulo (SP)

Depois de brigar pelo título do Circuito Mundial no ano passado, Filipe Toledo começou o ano de uma maneira inesperada. Quarto colocado no último campeonato, o jovem paulista de 21 anos sofreu uma séria lesão no fêmur da perna esquerda, se afastando de duas etapas.

Com isso, “gastou” suas duas notas de descarte possíveis, e entra na etapa do Rio de Janeiro na 18 colocação geral, amparado pelo terceiro lugar em Gold Coast, na Austrália.

– A recuperação está boa. Voltei a surfar com um pouco de receio em arriscar algumas manobras, mas estou conseguindo surfar sem dor – disse o jovem competidor.

– Vai ser bem difícil, não sei se vou conseguir ficar 100%, mas vou dar o meu máximo, batalhar muito para defender esse título e deixar o troféu em casa novamente – completou.

Até o momento, a liderança do WCT está nas mãos do australiano Matt Wilkinson, que venceu as duas primeiras etapas da temporada e terminou a última em nono lugar.

Mesmo assim, o brasileiro acredita que ainda é possível sonhar com o título, apesar de manter os pés no chão quanto à possibilidade disso.

– Agora o foco é me manter dentro da elite e chegar no Havaí (última etapa) brigando pelo título. Estou confiante, sei que tenho chances, o ranking está embolado – afirmou.

Mesmo sem competir, Toledo recebeu boas notícias. No último mês, a namorada do atleta, Ananda Marçal, anunciou que está grávida.

– Tudo mudou de uma hora para a outra. Estou muito tranquilo e, sem dúvida, isso (gravidez da namorada) vai me dar muito mais motivação para quebrar tudo e voltar para a casa.

O bom momento fora do mar dará a Filipe Toledo a chance de repetir o título na etapa do Rio? Essa pergunta começa a ser respondida hoje.