Miguel Pupo

Miguel Pupo já garante melhor resultado nesta temporada no WCT (@WSL / Masurel)

LANCE!
13/10/2017
18:39
Hossegor (FRA)

A Tempestade Brasileira já tem dois membros garantidos nas quartas de final da nona etapa do Circuito Mundial (WCT), em Hossegor, na França. Nesta sexta-feira, Gabriel Medina e Miguel Pupo venceram as baterias da quarta fase e seguem vivos na busca do primeiro título do ano na elite do surfe. 

Na primeira bateria, Miguel Pupo mostrou que realmente quer se manter na elite do surfe em 2018. Já conquistando seu melhor resultado no ano, o paulista mandou Owen Wright (AUS) e Kolohe Andino (EUA) para a última repescagem da competição. Com um surfe consistente, o brasileiro totalizou 14,80 pontos, contra 12,33 de Wright e 11,60 de Andino. 

- Eu fiquei em Portugal surfando antes de vir para França. Foi ótimo ter feito esses treinos lá, porque hoje (sexta-feira) pude surfar bem os tubos nas direitas. Também fiquei treinando um pouco nessas bombas daqui e acho que isso me colocou no ritmo para surfar bem as baterias. Estou muito feliz por passar para as quartas de final, o que não conseguia já fazia um bom tempo - disse Pupo.

Tentando o tricampeonato na França, Medina também está garantido nas quartas. Tentando a vitória para seguir sonhando com o título mundial, o natural de Maresias venceu, na quarta bateria, por 14,43 pontos, o americano Nat Young (11,33) e o francês Joan Duru (8,67).

- Eu não estou pensando muito nisso (título mundial). Eu quero só fazer meu trabalho e sei que para disputar esse título vou ter que ganhar campeonatos, então é focar nesse agora e ver o que vai acontecer lá na frente - revelou Gabriel, que já assume a sétima colocação do ranking mundial, que era de Filipe Toledo.

O único brasileiro que não avançou direto foi Caio Ibelli, que disputa a repescagem neste sábado. Ele não conseguiu superar a grande zebra da etapa, o francês Marc Lacomare. Na 22ª colocação, Caio também luta para ficar na elite do surfe em 2018. Ele encara o Kolohe Andino (EUA) na quinta fase. A próxima chamada será às 3h (horário de Brasilia) deste sábado. Vale lembrar que a competição feminina está paralisada nas semifinais e pode ir para a água no mesmo dia. 

John John vence "superbateria!" e é o novo líder do ranking mundial

A temporada 2017 do Circuito Mundial da Liga Mundial de Surfe (WSL) tem um novo líder: o havaiano John John Florence. Ao vencer a "superbateria" contra Mick Fanning (AUS) e Joel Parkinson (AUS), o atual campeão mundial retirou a camiseta amarela do sul-africano Jordy Smith. 

A terceira bateria da quarta fase contou com um show de surfe. John John conseguiu mais uma somatória excelente (18,56), com duas notas próximas do dez. Mick ainda tentou acompanhar o havaiano, mas parou nos 17,03. Já Joel correu por fora e somou 11,37 pontos.

Confira os resultados da quarta fase e os confrontos da repescagem:

Quarta fase

1: Miguel Pupo (BRA) 14,80 X Owen Wright (AUS) 12,33 X Kolohe Andino (EUA) 11,60
2: Marc Lacomare (FRA) 15,43 X Caio Ibelli (BRA) 9,87 X Sebastian Zietz (HAV) 9,07
3: John John Florence (HAV) 18,56 X Mick Fanning (AUS) 17,03 X Joel Parkinson (AUS) 11,37
4: Gabriel Medina (BRA) 14,43 X Nat Young (EUA) 11,33 X Joan Duru (FRA) 8,67

Repescagem

1: Owen Wright (AUS) X Sebastian Zietz (HAV)
2: Kolohe Andino (EUA) X Caio Ibelli (BRA)
3: Mick Fanning (AUS) X Joan Duru (FRA)
4: Joel Parkinson (AUS) X Nat Young (EUA)