Filipe Toledo (Foto: WSL/Damien Poullenot)

Filipe Toledo levou 10 em um aéreo, virou bateria e jogou John John para a repescagem (Foto: WSL/Damien Poullenot)

LANCE!
08/10/2016
15:55
Hossegor (FRA)

O brasileiro Filipe Toledo foi a atração da etapa de Hossegor (FRA) do Circuito Mundial de surfe (WCT) neste sábado, ao se classificar para as quartas de final com uma virada incrível na reta decisiva de sua bateria (veja no vídeo abaixo, aos 12m30).

O paulista obteve a primeira nota 10 da atual edição do evento com um aéreo, quando precisava de 9.97 para derrotar o havaiano John John Florence, atual líder do ranking.

Com o feito, o surfista avançou diretamente à próxima fase, ao lado do compatriota Gabriel Medina. Uma nova chamada acontece neste domingo, às 3h (de Brasília).

Na quarta bateria do quarto round, Toledo totalizou 18,50 (8.50  +10), enquanto John John somou 18.47 (9.07 + 9.40), seguido pelo australiano Stuart Kennedy, com 12.03 (6.50 + 5.53). O havaiano terá pela frente na repescagem Adriano de Souza, que levou a virada do australiano Matt Banting.

Veja abaixo a manobra que rendeu a nota 10 a Filipe Toledo, aos 12m30s.


– Eu nem sabia que precisava de um high score e decidi arriscar. O mar está muito louco, e eu estou me divertindo muito aqui. Foi uma bateria muito difícil. O John John é um cara que eu respeito muito, além de ser um ótimo amigo. Ao competir contra ele e contra o Stuart Kennedy você tem de buscar ondas grandes – disse Filipe, atual 11º colocado no ranking.

Já Medina, que ocupa a vice-liderança e tem chances de assumir a ponta na França, não encontrou dificuldades na terceira bateria. Com 14.17, o campeão mundial de 2014 bateu o compatriota Caio Ibelli (9.13) e o americano Kolohe Andino (8.74).