FRAME - Etapa do Havaí - WCT - Mick Fanning - surfe (Foto: Reprodução/ASP)

Mick Fanning, tricampeão do WCT, lidera o ranking mundial do surfe (Foto: Reprodução/ASP)

LANCE!
11/11/2015
18:45
São Paulo (SP)

Em dezembro, o Havaí será o palco da decisão do título do Circuito Mundial de surfe (WCT), com três brasileiros podendo levantar o caneco: Filipe Toledo, Adriano de Souza e o atual campeão, Gabriel Medina. No entanto, nenhum deles é o líder atualmente. Quem está em primeiro lugar é o australiano Mick Fanning, tricampeão mundial de surfe.

Com chances remotas de título aparecem os australianos Owen Wright e Julian Wilson. Apenas um milagre colocará um dos dois com a taça na mão. Apesar de aparecer à frente de Wilson no ranking, o brasileiro Ítalo Ferreira não tem chances, por conta dos descartes de resultados (entenda mais abaixo).

Veja abaixo a classificação geral atualizada do WCT, com dez das 11 etapas realizadas:

1º. Mick Fanning (AUS) - 49.900*
2º. Filipe Toledo (BRA) - 49.700*
3º. Adriano de Souza (BRA) - 49.450*
4º. Gabriel Medina (BRA) - 45.350*
5º. Owen Wright (AUS) - 43.600*
6º. Ítalo Ferreira (BRA) - 41.600
7º. Julian Wilson (AUS) - 41.450*
8º. Jeremy Flores (FRA) - 37.700
9º. Kelly Slater (EUA) - 34.150
10º. Nat Young (EUA) - 33.200
11º. Bede Durbidge (AUS) - 30.450
12º. Josh Kerr (AUS) - 29.650
13º. Joel Parkinson (AUS) - 27.100
14º. Wiggolly Dantas (BRA) - 26.850
15º. John John Florence (HAV) - 25.200
16º. Taj Burrow (AUS) - 24.450
17º. Matt Wilkinson (AUS) - 23.750
18º. Kai Otton (AUS) - 23.600
19º. Adrian Buchan (AUS) - 21.450
20º. Jadson André (BRA) - 19.950
21º. Keanu Asing (HAV) - 18.750
22º. Michel Bourez (FIJ) - 18.700
23º. Kolohe Andino (EUA) - 17.750
24º. Sebastian Zietz (HAV) - 15.500
25º. Miguel Pupo (BRA) - 15.250
26º. Adam Melling (AUS) - 14.250
26º. Brett Simpson (EUA) - 14.250
26º. C.J. Hobgood (EUA) - 14.250
29º. Jordy Smith (AFS) - 13.950
30º. Ricardo Christie (NZL) - 11.700
31º. Freddy Pattacchia Jr. (HAV) - 11.500
32º. Matt Banting (AUS) - 10.500
​32º. Glenn Hall (IRL) - 10.500
34º. Alejo Muniz (BRA) - 8.450
35º. Dusty Payne (HAV) - 8.250

*Com chances de título

Descartes - para o ranking mundial, são somados os nove melhores resultados dos surfistas no ano. Com isso, as duas piores pontuações são descartadas. 

Para 2016
Os 22 melhores surfistas no WCT em 2015 permanecerão na primeira divisão. Quem ficar da 23ª posição para baixo será rebaixado para o WQS. Os dez melhores na segunda divisão neste ano serão promovidos para a elite em 2016.