Gustavo Feijó, vice da CBF e chefe da delegação na Rio-2016, durante a comemoração dos jogadores (Foto: Lucas Figueiredo/Mowa Press)

Gustavo Feijó, vice da CBF e chefe da delegação na Rio-2016, durante a comemoração dos jogadores (Foto: Lucas Figueiredo/Mowa Press)

Igor Siqueira
22/08/2016
16:17
Rio de Janeiro (RJ)

Um dos vices-presidentes da CBF e chefe de delegação da Seleção Brasileira nos Jogos Olímpicos, Gustavo Feijó já começou a fazer campanha para tentar ser reeleito como prefeito de Boca da Mata, município alagoano. Feijó, inclusive, aproveitou o clima olímpico e o privilégio de estar com a delegação da Seleção para postar vídeos de jogadores, entre eles Neymar, e do técnico Rogério Micale na página do Facebook na qual faz campanha eleitoral.

Nenhum dos jogadores pede votos diretamente para Feijó, mas exceção feita ao vídeo de Neymar, todos os outros - com mensagens também de Renato Augusto e Walace - têm como fundo musical o jingle da campanha do dirigente à Prefeitura.  Feijó chegou a publicar o vídeo de Neymar com a música, mas depois retirou e colocou no ar uma versão "crua".

Os vídeos foram ao ar no período entre a semifinal e a final olímpica. A situação foi notada primeiramente pelo site "Diário do Poder".

- Fala galera de Boca da Mata, quero mandar um grande abraço para vocês, agradecer a força, dizer que é isso aí, vamos juntos, se Deus quiser a gente vai ser campeão - disse Neymar no vídeo.

Segundo Feijó, não há problema em ter o vídeo dos jogadores. O dirigente ainda acrescentou que entrou em contato com o staff de Neymar.

- Falei com a assessoria do Neymar. Falei com o pai do Neymar. Só tiramos a música porque houve a preocupação, já que ele é um atleta de nome e tem contratos de publicidade cujas cláusulas não conhecemos - disse Feijó ao LANCE!, ainda emendando:

- Não vejo problema. Isso é inveja. Ninguém está pedindo voto. É só liberdade de expressão. Aquela é minha página no Facebook. Já vi com meu jurídico.

As mensagens dos outros jogadores seguem a linha daquela feita por Neymar. "Fala galera de Boca da Mata, quero mandar um grande abraço para vocês, estamos no caminho certo, estamos juntos", disse Walace.