LANCE!
30/06/2016
06:40
São Paulo (SP) 

A Seleção Brasileira que tentará o inédito ouro olímpico em agosto tem forte presença de jogadores que atuam no futebol local. Dos 18 convocados por Rogério Micale, 11 jogam em clubes do Brasil. Quatro anos atrás, na disputa dos Jogos de Londres, o então treinador Mano Menezes levou sete que jogavam no país. Um deles, o goleiro Rafael, que defendia o Santos na ocasião, foi cortado por lesão antes do início da disputa e deu lugar a Gabriel, que estava no Milan, reduzindo o número de "domésticos" para seis. 

Passados quatro anos, onde estão os atletas do grupo que acabou com a medalha de prata ao perder para o México na decisão, em Wembley? Apenas um segue defendendo um time brasileiro: Ganso, que em 2012 estava no Santos e hoje está no São Paulo, que disputará as semifinais da Libertadores. Alexandre Pato e Leandro Damião estão retornando do futebol europeu e têm contrato com Corinthians e Santos, respectivamente. A dupla, aliás, era das mais promissoras, porém de lá para cá viu a carreira degringolar. 

São 14 os jogadores do time de 2012 que hoje atuam em solo europeu: quatro na Itália (os goleiros Neto e Gabriel, o lateral Alex Sandro e o zagueiro Juan), três na Espanha (os laterais Danilo e Marcelo, ambos do Real Madrid, e Neymar, do Barcelona), três na França (Rafael, Thiago Silva e Lucas), dois na Inglaterra (Sandro e Oscar), um na Holanda (Bruno Uvini) e  um na Rússia (Rômulo). Hulk acaba de deixar o Zenit, da Rússia, em transação vultosa, para jogar no futebol chinês. 

Neymar é o único da lista de Micale que esteve nos Jogos de Londres. À época, o principal jogador brasileiro tinha idade olímpica. Agora, ao lado de Fernando Prass e Douglas Costa, faz parte do trio acima da idade.