RADAR/LANCE!
16/06/2016
20:08
Rio de Janeiro (RJ)

Definido que Tite será o novo técnico da Seleção Brasileira, uma nova onda de especulações tomará conta da Seleção Brasileira. Afinal de contas, qualquer mudança de treinador, até mesmo em clubes, gera uma expectativa por novidades ou oportunidades para jogadores que andavam em baixa.

Até a primeira lista de Tite, que deverá acontecer em agosto para os jogos contra Equador e Colômbia, válidos pelas Eliminatórias, muita gente vai imaginar quem poderá chegar, continuará ou até mesmo perderá espaço na Seleção Brasileira para a sequência de compromissos.

Nomes como Neymar, Willian e Douglas Costa seguirão intactos. Em um rápido raciocínio, pegando o Corinthians, ex-clube de Tite, é possível que Fagner e Felipe, que foi para o Porto neste mês, sejam novidades. Elias, homem de confiança no meio de campo, deverá seguir na lista. Por outro lado, Renato Augusto e Gil, que poderiam perder espaço se outro profissional assumisse a Seleção pelo fato de atuarem na China, também têm grandes chances de ficar.

Na questão de retorno um nome que poderá voltar a pauta com força é Thiago Silva. Preterido por Dunga, o zagueiro do PSG sempre foi elogiado por Tite. Marcelo, também em baixa com o ex-treinador da Seleção, ganha novo ânimo para retornar, até mesmo pelos elogios que recebe. O próprio David Luiz, muito criticado nas últimas convocações, poderia ter nova chance.

Novatos como Gabriel Jesus, que também já ganhou elogios de Tite, e Gabigol poderiam ganhar mais espaços, em um processo natural de renovação do setor ofensivo. Além disso, até mesmo nomes que estiveram na Copa América dos Estados Unidos e que andavam esquecidos, como Ganso e Lucas Moura, têm uma nova perspectiva a partir de agora. Mesmo Nenê, regular no Vasco, seguiria sonhando.

Por fim, até improváveis apostas como Giuliano, do Grêmio, e Taison, do Shakhtar Donetsk (UCR), seriam passíveis de convocação. Tite gosta muito do futebol dos dois jogadores. No entanto, pelo menos neste momento, muitas opiniões e apostas serão feitas. Em agosto, vem as primeiras respostas.