Brasil x Colombia (Foto:AFP)

Jogadores discutiram após entrada dura de Neymar em Roa (Foto:AFP)

LANCE!
14/08/2016
01:07
São Paulo (SP)

A sequência de faltas cometidas por jogadores colombianos no fim do primeiro tempo não irritou apenas a torcida brasileira na Arena Corinthians. Ao analisar a derrota por 2 a 0 para o Brasil, pelas quartas de final do futebol olímpico, o técnico Carlos Restrepo disse que sua equipe entrou na "sintonia errada" e condenou a "luta" contra os donos da casa. Mas ele também afirmou que Neymar deveria ter sido expulso.

- Para mim, o erro da Colômbia foi perder o primeiro tempo. No primeiro tempo não se jogou, só se cometeu faltas. Faltou mais controle do árbitro, mas não estamos aqui para dizer o que poderia acontecer ou não. A Colômbia se equivocou ao entrar em uma sintonia que não era a nossa. Deveríamos jogar, buscar o gol, mas entramos em uma sintonia totalmente diferente e ficamos com quatro jogadores com amarelos - disse Restrepo, antes de ser questionado especificamente sobre Neymar.

- Eu não quero armar uma polêmica. No momento em que se formou a confusão entre os jogadores, quis acalmá-los, porque isso é um espetáculo e temos que respeitar o público, ainda mais porque estamos nos Jogos Olímpicos. Para nós é certo que Neymar é um grande jogador, mas a falta que ele fez é desqualificável - comentou.

O lance comentado por Restrepo aconteceu aos 40 minutos do primeiro tempo. Pouco depois de sofrer uma entrada dura de Barrios, Neymar devolveu na mesma moeda e atingiu Roa por trás. O turco Cuneyt Çakir, árbitro da partida, aplicou cartão amarelo nos dois lances. No caso do brasileiro, os jogadores colombianos, inclusive os do banco, participaram para cima dele pedindo a expulsão.