Enterro - Carlos Alberto Torres

Corpo de Carlos Alberto Torres foi enterrado no Cemitério de Irajá, no Rio (Foto: Luiz Souza/Fotoarena/Lancepress!)

LANCE!
26/10/2016
16:28

A comoção de várias torcidas marcou o adeus a Carlos Alberto Torres. Vítima de um infarto fulminante aos 72 anos, o capitão da Seleção Brasileira que sagrou-se campeã da Copa do Mundo de 1970 foi enterrado na manhã desta quarta-feira, no Cemitério de Irajá, na Zona Norte do Rio de Janeiro (RJ).  

Após um velório na sede da CBF, o corpo ex-jogador e ex-treinador foi transportado em um carro do Corpo de Bombeiros até o cemitério. O carro, que estava com uma bandeira do Brasil e uma coroa de flores, recebeu aplausos por onde passou. No Irajá, em uma rápida cerimônia para cerca de 300 pessoas, o "Capita" foi celebrado com o Hino Nacional Brasileiro e a canção "Pra Frente, Brasil", de autoria de Miguel Gustavo, utilizada durante a Copa do Mundo de 1970. 

Além de familiares, amigos e ex-companheiros, como Carlos Alberto Parreira e Cafu estiveram presentes. Paulo César Caju foi o único participante da campanha do tri a estar no cemitério.

Ao UOL, o pentacampeão do mundo, Cafu, esbanjou reverência ao "Capita":

- Ele foi nosso eterno capitão. Foi nossa referência, dentro e fora de campo. Ele defendia e atacava com facilidade, com muita intensidade. E tecnicamente era muito bom. Ele é unanime em todo o lugar do mundo, o que faz dele um dos melhores de todos os tempos