futebol feminino brasil

Seleção feminina joga nesta sexta o primeiro mata-mata do futebol brasileiro na Rio-2016 (foto:Ricardo Stuckert/CBF)

Lucas Faraldo
12/08/2016
06:50
São P

Em lua de mel com a torcida brasileira graças às envolventes atuações na fase de grupos da Rio-2016, a Seleção feminina entra em campo na noite desta sexta-feira, às 22h, pelas quartas de final, com sede de vingança. Os motivos? A equipe adversária e o local do jogo. Em outras palavras, as australianas e o Estádio do Mineirão.

Foi contra esta mesma Austrália, na Copa do Mundo de 2015, no Canadá, também na primeira partida eliminatória do torneio, que a Seleção do técnico Vadão perdeu por 1 a 0 e acabou eliminada precocemente. Oito titulares do Brasil daquela derrota começarão a partida desta sexta.

– Estamos tranquilos, quando alguém veste a camisa do Brasil é sempre para jogar Mundial, Pan-Americano ou Olimpíada. Sofremos um gol no ano passado e não conseguimos virar o placar. Foi isso – declarou Vadão, nessa quinta, em entrevista coletiva.

Mas... E o Mineirão? Bem... Os culpados pelo receio do torcedor brasileiro de ouvir as palavras Seleção e Mineirão na mesma frase são outros – os jogadores da Seleção masculina de 2014, que perderam por 7 a 1 para a Alemanha na última (e traumática) exibição verde-amarela em terras mineiras. As meninas do Brasil, no entanto, podem hoje dar à torcida a alegria que seus colegas de trabalho não conseguiram dois anos atrás.

– Estamos preparados psicologicamente. Preocupação sempre há. Mas estamos bem, a Marta está confiante. A Formiga, a Érika, estão todas equilibradas e isso passa mais tranquilidade para as outras atletas – frisou o treinador.

Fato é que Marta & Cia. têm motivação de sobra para vencer nesta quinta. A camisa 10 – que esteve em campo ano passado contra a Austrália –, aliás, assistiu ao 7 a 1 nas arquibancadas do Mineirão, sem poder ajudar em um dos capítulos mais tristes da história brasileira no futebol. Agora tem a chance de, em campo, escrever uma nova história para todos.

VINGAR-SE DE QUÊ?

Copa do Mundo masculina de 2014
No dia 8 de julho de 2014, o Brasil sofreu sua maior derrota da história no futebol: 7 a 1 para a Alemanha na semifinal da Copa do Mundo. O “Mineirazo” foi a última exibição da Seleção Brasileira no Mineirão.

Copa do Mundo feminina de 2015
Cotada como uma das principais forças do torneio, mas sem o favoritismo de edições anteriores, a Seleção Brasileira foi dona do melhor desempenho da primeira fase do Mundial do Canadá. Nas oitavas de final, porém, perdeu por 1 a 0 para a Austrália.