Tite com Willian e Philippe Coutinho

Tite conversou com Willian e Coutinho no treino da Seleção (Foto: NELSON ALMEIDA / AFP)

RADAR/LANCE!
05/10/2016
16:05
Natal (RN) 

Tite tem um problema para resolver na Seleção Brasileira. O treinador precisa escolher entre Willian, do Chelsea, e Philippe Coutinho, do Liverpool, para escalar seu onze inicial para a partida desta quinta-feira, contra a Bolívia, pela nona rodada das Eliminatórias. O jogador do time de Londres vinha sendo titular, mas pode perder a vaga para o ex-Vasco.

O especialista em psicologia e membro da Academia LANCE!, Eduardo Cillo, analisou a situação e disse que esse tipo de competição é boa, porém, deve se restringir apenas a busca pelas vagas.

- Em uma equipe desse nível, a competitividade interna é importante, porque estabelece um nível de desempenho alto nos treinamentos. Nesse sentido, se um busca superar o outro, quem ganha é o time. Só que a competitividade mais importante é a externa, contra os adversários nas competições que o Brasil for disputar - disse.

O psicólogo ainda ressaltou a importância dos líderes da equipe nesse processo e destacou o impacto que Tite deve e precisa ter na relação dos jogadores. 

- Tudo depende de um trabalho de liderança que conquiste os jogadores e faça com que eles entendam que podem até ser rivais na disputa por vagas, mas todos são parte de uma equipe e podem ter oportunidades. Pelo que o Tite já mostrou em trabalhos anteriores, principalmente no Corinthians, consegue estabelecer esse ambiente competitivo internamente, mas com apoio mutuo. Parece que está conseguindo fazer isso na Seleção também - completou.