icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/08/2015
13:38

A CBF anunciou mudanças motivadas por lesões na convocação da Seleção Brasileira para os amistosos contra Costa Rica e Estados Unidos, nos dias 5 e 8 de setembro.

A comissão técnica anunciou que Oscar e Ramires, do Chelsea, estão machucados. Por isso, Philippe Coutinho, do Liverpool, e Rafinha Alcântara, do Barcelona, que estava na Seleção olímpica, foram convocados. Um novo nome deve ser chamado para o time sub-23, que enfrenta a França no mesmo dia 8 de setembro.

A Seleção Brasileira se apresenta no domingo para viajar rumo aos Estados Unidos, onde os jogos acontecerão. A parte que atua em território nacional embarca na noite de domingo. Na segunda, o grupo se reúne em Nova Jersey.

Com a entrada de Coutinho, o Liverpool passa a ter dois representantes da Seleção. Roberto Firmino é o outro.

De acordo com a assessoria de Ramires, o meio-campo foi cortado porque está com dores no joelho direito desde o jogo entre o Chelsea, seu clube, e o Manchester City, na segunda rodada do Campeonato Inglês, no dia 16 de agosto.

 


A CBF anunciou mudanças motivadas por lesões na convocação da Seleção Brasileira para os amistosos contra Costa Rica e Estados Unidos, nos dias 5 e 8 de setembro.

A comissão técnica anunciou que Oscar e Ramires, do Chelsea, estão machucados. Por isso, Philippe Coutinho, do Liverpool, e Rafinha Alcântara, do Barcelona, que estava na Seleção olímpica, foram convocados. Um novo nome deve ser chamado para o time sub-23, que enfrenta a França no mesmo dia 8 de setembro.

A Seleção Brasileira se apresenta no domingo para viajar rumo aos Estados Unidos, onde os jogos acontecerão. A parte que atua em território nacional embarca na noite de domingo. Na segunda, o grupo se reúne em Nova Jersey.

Com a entrada de Coutinho, o Liverpool passa a ter dois representantes da Seleção. Roberto Firmino é o outro.

De acordo com a assessoria de Ramires, o meio-campo foi cortado porque está com dores no joelho direito desde o jogo entre o Chelsea, seu clube, e o Manchester City, na segunda rodada do Campeonato Inglês, no dia 16 de agosto.