Bruno Cassucci
21/07/2016
17:32
Teresópolis (RJ)

Com o zagueiro Marquinhos integrado, o técnico Micale fez nesta quinta-feira o primeiro treino coletivo da Seleção Brasileira na preparação para a Olimpíada e testou diversas alternativas. No fim do trabalho, ele chegou a usar até quatro atacantes (Gabigol, Gabriel Jesus, Luan e Neymar), formação que só deve ser utilizada durante os jogos em casos especiais.

Sem Rafinha, que está em recuperação de lesão e trabalha separadamente, a equipe titular começou com: Fernando Prass, Zeca, Rodrigo Caio, Marquinhos e Douglas Santos; Thiago Maia, Rodrigo Dourado e Felipe Anderson; Gabigol, Gabriel Jesus e Neymar.

Depois, entraram William, Wallace e atacante Luan. Na sequência, Zeca foi testado na lateral esquerda, e o zagueiro Luan ganhou chance. Por fim, Micale adotou o 4-2-4.

A atividade, realizada em campo reduzido para estimular a rápida troca de passes, foi paralisada em diversos momentos para orientações do treinador. Ele também fez com que os defensores jogassem adiantados e cobrou que os homens de frente pressionassem coordenadamente os adversários para roubar a bola próxima do gol rival.

Nas pausas para hidratação e também ao final do trabalho, Micale aproveitou para ter conversas reservadas com Neymar. Em uma delas, ele se agachou e passou orientações para o camisa 10, que estava sentado no chão.

Sob muito frio em Teresópolis, este foi o primeiro treino com a presença de torcedores. Cerca de 50 pessoas tiveram a entrada liberada na Granja Comary na segunda metade do treino e aproveitaram para tirar fotos e pegar autógrafos depois da atividade. Neymar, obviamente, foi o mais assediado.