Bruno Cassucci
21/07/2016
17:53
Teresópolis (RJ)

A Seleção Brasileira tenta iniciar um novo ciclo, com relação mais aberta com os jornalistas e próxima da torcida. Para isso, tem retomado práticas abandonadas nas gestões dos técnicos Mano Menezes, Felipão e Tite.

Nesta quinta-feira, a equipe treinou pela primeira vez com a presença de torcida. Isto já ocorria no passado, vale frisar. Mas ficou claro a disposição dos atletas de reconquistarem o público. Atenciosos, eles tiraram selfies, concederam autógrafos e conversaram com cerca de 50 pessoas que foram à Granja Comary, em Teresópolis.

Neymar, o mais assediado, como de praxe, até pegou uma criança no colo e posou para diversas fotos. Ainda com o treino rolando, ele se aproximou da arquibancada em um momento e acenou para o público.

A mudança mais drástica tem sido no trato com a imprensa dos técnicos dos times olímpico e principal, Rogério Micale e Tite. Eles concederam entrevistas coletivas na terça e quarta-feira, respectivamente, e depois ficaram na sala de imprensa para conversar com os jornalistas presentes. No papo informal, popularmente conhecida como resenha entre os boleiros, com câmeras e microfones desligados, nenhuma revelação bombástica ou qualquer tipo de pedido, mas a disposição de esclarecer dúvidas e explicar métodos de trabalho.

Nas entrevistas, jogadores da Seleção têm dito que esperam o apoio da torcida nos jogos e que o público pode ser determinante para a conquista do inédito ouro olímpico em casa.