Bruno Cassucci
23/07/2016
12:29
Teresópolis (RJ)

A rivalidade acirrada nos últimos tempos entre Santos e Palmeiras também está presente na Seleção Brasileira e ficou clara no treinamento deste sábado, na Granja Comary, em Teresópolis. Ídolos das duas equipes, o atacante Gabigol e o goleiro Fernando Prass trocaram provocações e lembraram jogos recentes entre as equipes.

Após atividade tática, o camisa 10 do Peixe convidou o também palmeirense Gabriel Jesus para uma disputa de pênaltis. Minutos depois, Fernando Prass também se aproximou e entrou no desafio. Foi então que surgiram as provocações.

Depois de fazer um gol em Prass, Gabigol disparou:

- Sempre faço no Palmeiras, sempre!

O camisa 1 da Seleção não deixou barato e relembrou a decisão da Copa do Brasil do ano passado, quando o Verdão derrotou o Santos nos pênaltis.

- Na final você cobrou? Não lembro - disse o goleiro, responsável pela cobrança que garantiu o título alviverde.

De fato, o desempenho do atacante alvinegro é muito bom contra o Palmeiras. Ele já marcou sei gols diante do rival, sendo três neste ano.

Apesar das ironias, a relação entre santistas e palmeirenses na Seleção é boa. Gabigol e Gabriel Jesus sempre estão juntos nos treinamentos, e todos se falam. O Peixe ainda conta com Zeca e Thiago Maia no grupo que buscara o ouro nas Olimpíadas.