LANCE!
28/05/2016
16:30
Denver (EUA)

O técnico Dunga afirmou que deixou um jogador fora da Seleção Brasileira que vai disputar a Copa América por falta de visto de entrada nos Estados Unidos. O treinador da Seleção Brasileira fez a crítica ao comentar a convocação de Kaká para o lugar de Douglas Costa, que foi cortado nesta semana.

A primeira opção seria o palmeirense Gabriel Jesus. De acordo com a TV Globo, o meia Rafinha, no entanto, ainda pode ser cortado por lesão e aí, sim, o atacante do Palmeiras seria chamado. O atleta está correndo atrás da documentação, que deve ficar pronta até a próxima terça-feira, o deixando apto caso seja de fato convocado. O clube paulista, porém, diz não ter sido avisado de uma possível convocação do jovem, concentrado para enfrentar o São Paulo, neste domingo, no Morumbi.

- A escolha do Kaká, em primeiro lugar, é uma questão técnica. Infelizmente, outros poderiam ter sido convocados e não foram porque não tinha documentação. Todos cobram uma nova postura da Seleção, do futebol brasileiro. Todos tem de ter profissionalismo. Além da meritocracia e da qualidade técnica em primeiro lugar, tem de ter organização e profissionalismo - afirmou Dunga, em entrevista coletiva neste sábado, no Estados Unidos.

- Fizemos uma lista de 40 jogadores, o Gilmar (Rinaldi, coordenador da Seleção) passou a lista aos clubes e toda documentação que precisava. Nos reunimos, observamos a questão técnica, prioridade, convivência, experiência, liderança, como usar esse jogador na Seleção. Mas os jogadores devem estar sempre em contato com o Gilmar e prontos para jogar. Não é só técnica e físico, tem de ter documentos também - completou o treinador.

Gabriel Jesus estava na lista dos 40 jogadores pré-convocados para a Copa América e é um dos favoritos a estar na lista da Olimpíada, que será disputada em agosto, no Rio de Janeiro. Dunga convocou atletas com potencial olímpico para a Copa, casos do são-paulino Rodrigo Caio e do santista Gabriel.