Tite foi apresentado nesta segunda-feira como técnico da Seleção (Foto: Lucas Figueiredo/MowaPress)

Tite fez a primeira convocação (Foto: Lucas Figueiredo/MowaPress)

Bernardo Cruz e Igor Siqueira
22/08/2016
12:32
Rio de Janeiro (RJ)

Tite estava lá. Ele viu in loco o ambiente do Maracanã na conquista do ouro olímpico da Seleção Brasileira de futebol. Impressionado com o que presenciou, o treinador admitiu que deseja ver o Brasil atuando mais vezes no gramado carioca.

- Gostaria, sim, que fosse o Maracanã e que tivesse essa oportunidade. Ela arrepia, emociona. Claro que traz uma responsabilidade na proporção exata do apoio, mas eu prefiro que seja assim - afirmou o técnico durante a coletiva de convocação para os jogos contra Equador e Colômbia, pelas Eliminatórias.

A Seleção não tem jogos previstos ainda pelas Eliminatórias no estádio. Além disso, antes da Rio-2016, o Brasil só tinha jogado no Maracanã pela última vez na final da Copa das Confederações.

Tite citou o ambiente do estádio algumas vezes na coletiva. Ele falou por exemplo do momento em que um menino veio abraçá-lo antes dos pênaltis.


- Ele tremia, mas eu tremia também - afirmou o treinador, que ainda fez uma reflexão:
- Eu estava no Maracanã e pensei: puxa vida, é muita paixão e um misto de loucura.