Dunga na convocação da Seleção Brasileira para Copa America (Foto: Cleber Mendes/ LANCE!Press)

Dunga na convocação da Seleção Brasileira para Copa America (Foto: Cleber Mendes/ LANCE!Press)

Bernardo Cruz e Igor Siqueira
03/03/2016
12:52
Rio de Janeiro (RJ)

Dunga e Gilmar Rinaldi vão à Europa na próxima semana para uma série de visitas aos clubes do Velho Continente, entre eles o Barcelona. A intenção é conversar com diretorias das equipes que tenham potenciais selecionáveis para os Jogos Rio-2016.

- Vamos conversar com os clubes e os jogadores para chegar a um denominador comum para que ninguém saia prejudicado. Temos que ouvir dos clubes para que não tenha telefone sem fio. Ontem mesmo falamos com o pessoal do Barcelona sobre outros jogadores. Vamos lá pessoalmente, como na Inter, no Chelsea. A Seleção tem que jogar para ganhar, queremos contar com os melhores. Vamos esperar os clubes - disse Dunga, referindo-se às informações que tem circulado na imprensa sobre a indisposição do Barça em liberar Neymar para a Olimpíada.

Na Inter de Milão, a pendência é a liberação do zagueiro Miranda, que chegou a ser capitão da Seleção na ausência de Neymar.


Dunga acrescentou que o tour no exterior vai servir para definir como será o critério de convocação para o amistoso, em data Fifa, às vésperas da Copa América. A hipótese é mesclar nomes que serão levados para a competição continental e os Jogos Olímpicos.

- Nessa viagem que vamos fazer à Europa vamos ter dados mais concretos. A intenção é tentar mesclar jogadores olímpicos com a Seleção principal. Os jogadores vão estar de férias no período para a Olimpíada. Temos que conversar com preparador físico para saber qual será a melhor decisão - completou o treinador.