Dunga

Dunga não deu pistas sobre o time do Brasil para o duelo deste domingo (Foto:Rafael Ribeiro / CBF)

RADAR/LANCE!
11/06/2016
19:55
Foxborough (EUA)

Dunga não mudou seu estilo em véspera de jogo, sobretudo se faz modificações na equipe de uma partida para a outra. Durante a coletiva realizada neste sábado, antes do último treino realizado no Gillette Stadium, local do jogo contra o Peru, o treinador brasileiro não revelou quem será o substituto de Casemiro.

– Na minha cabeça já está a decisão, agora vou colocar no campo para ver se meus olhos vão enxergar aquilo que minha cabeça estava pensando – afirmou o treinador, que deverá optar por Walace ou Lucas Lima.

O outro mistério que Dunga guarda a sete chaves é com relação a modificações na zaga e no ataque. Miranda, que não atuou nos dois primeiros jogos, deverá retornar contra o Peru. Sendo assim, Marquinhos ou Gil deixaria o time, com a probabilidade maior sendo para o jogador do PSG.

Já no ataque, Gabriel pode desbancar Jonas, uma vez que foi muito bem sempre que utilizado por Dunga. Ele, inclusive, já deixou sua marca nesta edição comemorativa da Copa América. No mais, o time será o mesmo que atuou até aqui na competição.

- A forma do treinador impor seu time depende muito da característica de seus jogadores. Tento equilíbrio entre velocidade e posse de bola. Não dá para jogar 90 minutos com linha alta, por exemplo, é preciso ter equilíbrio. Estamos trabalhando agora com característica de posse de bola, mas com jogadores de velocidade. Em outra época os jogadores eram totalmente verticais, não havia um no meio que desse esse ritmo - analisou.

Com quatro pontos, o Brasil lidera o Grupo B da Copa América. Um empate diante do Peru será suficiente para garantir a Seleção nas quartas de final. Para assegurar o primeiro lugar será necessário a vitória para não depender do resultado do Equador diante do Haiti. Derrota deverá significar a eliminação precoce.