Dunga

Técnico Dunga, em entrevista coletiva na última segunda-feira (Foto: Rafael Ribeiro / CBF)

RADAR/LANCE!
24/05/2016
11:46
Los Angeles (EUA)

O técnico Dunga concedeu na última segunda-feira a primeira entrevista coletiva após a apresentação da Seleção Brasileira para a disputa da Copa América Centenário. Em Los Angeles, na Califórnia (EUA), o treinador destacou a maneira que, segundo ele, estimula seus jogadores durante os treinamentos.

- O que temos sempre em mente é valorizar a capacidade técnica do nosso jogador, estimular nele o drible, a criatividade, tudo em função, logicamente, do coletivo. Quando o coletivo funciona, a individualidade aparece e o jogador que decide se sobressai - ressaltou. 

Dunga também comentou sobre o maior período que terá para preparar a equipe visando a competição continental, que será realizada a partir de junho. A estreia do Brasil será no próximo dia 4, contra o Equador, no estádio Rose Bowl, pelo Grupo B.

- Espero aproveitar o tempo o melhor possível para a preparação, mas só saberemos o que se fazer do planejado dependendo da condição dos jogadores - disse.

Confira mais declarações do técnico Dunga: 

Pressão pela conquista da Copa América

Não é novidade. Todos os treinadores que passaram por aqui responderam a mesma pergunta. Ser técnico da Seleção Brasileira é ter de conviver sempre com a pressão, em todos os momentos.

Futebol nos Estados Unidos (Dunga assistiu no domingo a Los Angeles Galaxy x San Jose)

A Seleção americana tem um rendimento e o dos times no campeonato é outro. Essa diferença acontecia no futebol japonês. Mas o comparecimento do público é espetacular, com o estádio lotado, eles fazem uma festa. Tem de crescer bastante.

Neymar/substituto para ser o protagonista

Todos os jogadores têm condições de ser protagonistas. Vai depender de cada um deles. Claro que no futebol sempre se acha que o principal jogador é o de frente, pelo drible, pelo gol. Mas há vários jogadores aqui que podem e têm capacidade de buscar esse espaço.

Jogadores para as Olimpíadas

Estamos pensando no momento na Copa América. Cada um tem de aproveitar essa oportunidade. A decisão sobre os outros dois jogadores, tirando o Neymar, com mais de 23 anos, será tomada no dia 29 de junho, quando haverá a convocação da Seleção Olímpica. Já temos uma ideia, mas os jogadores não podem pensar que, por estar aqui, já estão garantidos nas Olimpíadas. A mentalidade tem ser voltada para fazer parte da Seleção que disputará a Copa América.

Grupo do Brasil na Copa América (Equador, Haiti e Peru)  

Futebol não tem mais jogo fácil. As seleções melhoraram bastante, e a motivação é muito maior contra o Brasil. Então, temos de estar muito mais atentos, mais concentrados ainda do que estarão os adversários.