Daniel Alves - Brasil x Panama

Lateral vai trocar a 2 pela 4 em homenagem a Carlos Alberto Torres (Foto: Jason Connoly / AFP)

LANCE!
08/11/2016
20:01
Belo Horizonte (MG)

Na partida contra a Argentina, nesta quarta (10), a Seleção Brasileira fará uma homenagem especial a Carlos Alberto Torres. O lateral Daniel Alves será o responsável por carregar a faixa de capitão e envergar a camisa de número 4, eternizada pelo capitão do tricampeonato mundial. A faixa utilizada por Daniel será branca e carregará a frase "Eterno Capitão". Os outros jogadores utilizarão uma faixa preta, de luto, com a mesma escrita.

- Toda homenagem é válida. A instituição tomou a decisão de fazer a homenagem que é justa pela história da pessoa, respeitando o eterno capitão, sua família e a importância dele aqui na Seleção – comentou o lateral.


Carlos Alberto Torres morreu aos 72 anos, no dia 25 de outubro, vítima de enfarte fulminante. Questionado sobre a pouca manifestação dos jogadores do atual plantel, Daniel disse que conheceu o capita e teve a oportunidade de parabenizá-lo por toda a história com a camisa amarelinha.

- Obrigação (de homenagear) em nenhum caso é prazerosa. Eu tive sorte de poder falar tudo que eu pensava com ele, do que ele fez na Seleção. As pessoas são boas, mas se você as ama, tem que falar em vida, não tem que esperar falecer para falar em uma rede social, que para mim é algo muito frio. Penso diferente. Na vida, temos que pegar as coisas boas das pessoas e falar o quanto são importantes e o legado que deixaram – acrescentou.

Daniel Alves será o primeiro jogador a repetir a capitania com o técnico Tite. Nos primeiros quatro jogos, Miranda, Renato Augusto e Filipe Luis carregaram a faixa, além do lateral. Vale lembrar que esta não será a primeira homenagem protagonizada pelo lateral. No Barcelona, Daniel deixou temporariamente a camisa 2 para utilizar a 6, em homenagem ao ex-companheiro Xavi, e a 22, antigo número do francês Abidal.