Diego Costa e Gabriel Paulista discutiram no clássico londrino (Foto: Reprodução/Premier League)

Diego Costa e Gabriel Paulista discutiram no clássico londrino (Foto: Reprodução/Premier League)

LANCE!
16/11/2015
18:48
Salvador (BA)

Servindo a Seleção Brasileira, o zagueiro do inglês Arsenal, Gabriel Paulista, lamentou os ataques terroristas que sofreu a cidade de Paris, na última sexta-feira, 13. O atleta pediu o fim da intolerância entre povos. A barbárie pela qual passou a capital francesa deixou cerca de 130 mortos em atos espalhados por diversos pontos. O jogador integra a equipe do técnico Dunga que enfrenta o Peru nesta terça-feira, 17, em Salvador.

- É lamentável o que aconteceu em Paris! Pessoas foram sacrificadas possivelmente em nome da intolerância entre povos. A todas as famílias deixo o meu pesar. Torço para que não possamos mais presenciar fatos e cenas tristes como as que ocorreram na última sexta-feira, 13. Estou sem palavras por tamanha tristeza - declarou o zagueiro do Arsenal e da Seleção Brasileira, Gabriel Paulista.

Consternado com a situação em que se encontra a população parisiense, o defensor da Seleção quer homenagear e dedicar uma possível vitória do escrete Canarinho sobre o Peru aos familiares das vítimas da casa de shows Bataclan e as pessoas que perderam suas vidas em outros locais da capital da França.

- Acredito que o mínimo que possamos fazer neste momento é dedicar uma homenagem a estas pessoas que nos deixaram e também para confortar seus respectivos familiares. É um momento duro, difícil e complicado. Caso a vitória aconteça, e espero que ela venha, dedico a todas essas pessoas - concluiu.

O zagueiro Gabriel Paulista foi convocado pela terceira vez para servir à Seleção Brasileira, todas com o técnico Dunga. O Brasil encontra-se na 4ª colocação das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa da Rússia de 2018 com 4 pontos conquistados em 3 jogos realizados. Nesta terça-feira, 17, ás 22h, recebe a seleção do Peru, 8ª colocada com 3 pontos ganhos, na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA), pela 4ª rodada da eliminatória continental.