Montagem - Tite e Bauza

Enquanto Tite vai bem no comando da Seleção Brasileira, Bauza patina com os argentinos (Lance!)

RADAR / LANCE!
09/11/2016
08:05
Belo Horizonte (MG)

As camisas de Brasil e Argentina são as mesmas. Mas os nomes que as vestem são diferentes em relação ao primeiro clássico pelas Eliminatórias. Inclusive no banco de reservas. Agora sob os comandos de Tite e Edgardo Bauza, os rivais se enfrentam nesta quinta-feira pela com nomes que ganharam espaço ao longo da campanha.

Além de colocar o Brasil na ponta com quatro vitórias seguidas, Tite laçou novos jogadores entre os titulares e deixou de lado atletas presentes em 17 de novembro de 2015, quando as equipes se enfrentaram na Argentina. Renato Augusto, Marcelo e Philippe Coutinho são titulares. Enquanto isto, Lucas Lima (que fez o gol no empate em 1 a 1) e Filipe Luís são vistos como reservas.

Ainda entraram em cena na lista de convocados campeões na Rio-2016, como Gabriel Jesus. O treinador ainda "resgatou" Thiago Silva e Paulinho da lista do Mundial-2014, e chegou a testar alguns esquecidos, como Giuliano, Taison e Roberto Firmino. Em compensação, figurinhas carimbadas de Dunga na época, como David Luiz (expulso no empate do primeiro turno), Luiz Gustavo e Hulk, sequer são lembrados um ano depois.

À frente dos argentinos, Edgardo Bauza estreou com vitória por 1 a 0 sobre o Uruguai. Porém, a equipe logo começou a patinar, com dois empates e amargando revés em casa diante do Paraguai. Agora, entrará em campo no Mineirão fora da zona de classificação à Rússia.

Contando com o retorno de Messi, a Argentina de "Patón" Bauza traz a ascensão de jogadores do mercado brasileiro, como Buffarini (comandado dele no São Paulo) e o centroavante Lucas Pratto, hoje no Atlético-MG.
Nomes como Otamendi e Gaitán também ganharam mais espaço na seleção albiceleste. Em compensação, Barcos, que recebia oportunidades com Gerardo Martino, não é mais chamado. Já Enzo Pérez voltou a ter chance apenas na última convocação de Bauza.

Entre tantas mudanças, a Seleção Brasileira tenta ratificar que está no rumo certo para garantir vaga no próximo Mundial diante de uma Argentina ainda em busca uma imagem vencedora.