Bernardo Cruz
13/06/2016
00:37
Rio de Janeiro (RJ) 

A Seleção Brasileira passou um novo vexame e foi eliminada ainda na primeira fase da Copa América. A queda se deu após derrota por 1 a 0 para o Peru, na noite deste domingo. O time não teve nenhum grande destaque, e o principal ponto falho foi a falta de finalizações, mesmo com uma formação mais ofensiva. Confira as notas: 

BRASIL

5,5
Alisson

Foi exigido apenas em uma cobrança de falta. No gol marcado pelo adversário foi o que menos teve culpa.

6,0
Daniel Alves

Foi bem nos desarmes e também na marcação. Na parte ofensiva faltou um pouco mais de objetividade.

5,0
Miranda

Sentiu um pouco a falta de ritmo dos primeiros jogos. Teve dificuldades mesmo com Guerrero apagado.

5,5
Gil

Foi mais regular que o companheiro de zaga. Tentou fechar o ângulo na jogada do gol peruano.

4,5
Filipe Luís

Outro jogador que fazia uma partida regular, mas perdeu na corrida para Polo no gol peruano.

6,0
Elias

Como primeiro volante ficou mais preso ao sistema defensivo, mas chegou na frente. Perdeu gol no fim.

5,5
Renato Augusto

Oscilou muito como segundo homem do meio de campo. No entanto, deu maior qualidade a saída de bola.

5,0
Lucas Lima

Ganhou a titularidade e mesmo acrescentando qualidade e mobilidade ao meio de campo, foi pouco efetivo.

5,0
Philippe Coutinho

No jogo decisivo ficou devendo. Errou passes bobos, dribles e não assumiu o protagonismo das partidas anteriores.

5,5
Willian

Quase deixou sua marca no primeiro tempo e não se omitiu. No entanto, poderia chamar mais o jogo na hora do aperto.

6,0
Gabriel

Mostrou boa movimentação e criou duas oportunidades no primeiro tempo. Caiu na etapa final e foi substituido.

4,5
Hulk

Entrou para dar força ao ataque, mas nada de produtivo realizou.

4,0
Dunga

Colocou um time ofensivo, que teve boa movimentação, mas finalizou pouco. O gol foi irregular, mas a eliminação justa.

PERU

7,0
Gallese

Mostrou segurança e fez defesas importantes durante o jogo.

6,0
Corzo

Foi bem na composição defensiva do Peru.

5,0
Balbín

Ficou um pouco perdido no sistema defensivo. Saiu no intervalo.

6,5
Christian Ramos

Dominou a área, sobretudo na segunda etapa.

6,5
Alberto Rodríguez

Também foi muito efetivo em sua função.

6,5
Trauco

Procurou não inventar e foi bem na marcação.

6,0
Óscar Vílchez

Foi firma no combate, mas sem ser desleal.

7,0
Andy Polo

Deu um baile no lado direito, como no lance do gol.

7,0 .
Cueva

Movimentou-se bem e deu muito trabalho no segundo tempo.

5,5
Guerrero

Não foi efetivo, mas Miranda teve dificuldades em marcá-lo.

6,0
Édison Flores

No ataque fez o feijão com arroz. Auxiliou a defesa.

6,5
Yotún

Aumentou a efetividade ofensiva peruana.

7,0
Ruidíaz

Fez um gol de mão, mas foi mais efetivo que o ataque brasileiro.


Tapia

Entrou no fim.

6,5
Ricardo Gareca

O Peru não foi brilhante, mas foi sólido na defesa e passou por erro de arbitragem.