Ana Paula Canhedo
30/07/2016
18:49
São Paulo (SP) 

A Seleção Brasileira não teve dificuldades para derrotar o Japão por 2 a 0, no Serra Dourada, em amistoso de preparação para os Jogos Olímpicos. Os melhores da equipe de Rogério Micale foram os ex-santistas Neymar e Felipe Anderson, embora os gols tenham sido feitos por Gabigol e Marquinhos. Confira as notas de cada um: 

6,5
Uilson

Não teve trabalho algum com a seleção olímpica japonesa. Fez apenas uma defesa - difícil - durante o jogo.

6,5
Zeca

Quando se propôs a chegar no ataque, foi muito bem. Atrás, não teve problemas na marcação. Poderia ter atacado mais.

6,5
Marquinhos

Não foi exigido atrás. Foi muito bem após cobrança de escanteio e marcou gol de cabeça. Eficiente.

6,0
Rodrigo Caio

Praticamente não trabalhou atrás. Limitou-se a distribuir a bola no campo de defesa.

6,5
Douglas Santos

Deu opção no campo de ataque, já que atrás não teve trabalho. Apareceu bem durante o jogo.

6,5
Thiago Maia

Fez boa partida no meio-campo. Mandou bola no travessão em lindo chute. Não se escondeu em campo.

7,0
Rafinha

Ótima presença de área. Deu opções para os companheiros, sem guardar posição a todo momento. Importante.

7,5
Felipe Anderson

Ótima capacidade de aparecer como meia e como 'quarto atacante'. Boas tabelas com os companheiros, buscou soluções ofensivas.

7,0
Gabigol

Autor do primeiro gol, se movimentou bastante e procurou incomodar os japoneses com tentativas de dribles e ótimas arrancadas.

7,0
Gabriel Jesus

Também tentou incomodar os rivais com boas jogadas individuais. movimentou-se e quase fez golaço. Foi bem.

7,5
Neymar

Buscou o jogo a todo momento, tanto pelos lados, como pelo meio. Excelente movimentação. Mandou cobrança de falta no travessão. Crucial para o time.

6,5
Renato Augusto

Muito acionado pelos companheiros durante o jogo. Tentou organizar as jogadas no meio-campo e mostrou força na marcação

6,5
Luan

Entrou para compor o ataque do Brasil e deu sequência à opção de Micale com muita movimentação à frente. Além de conseguir se mexer bem, mostrou bom passe.

6,5
Walace

Entrou bem na equipe. Teve chance de marcar seu gol em chute de dentro da área. Bola passou perto.

6,0
William

Entrou no lugar de Zeca e manteve o nível na lateral da equipe. Deu certo suporte ao time na frente.

6,0
Luan Garcia

Não teve problemas no sistema defensivo. Entrou no lugar de Rodrigo Caio e conseguiu manter a tranquilidade atrás.

6,5
Rodrigo Dourado

Conseguiu dar mais consistência ao time no meio-campo. Ajudou a segurar o ímpeto japonês no segundo tempo.

7,0
Rogério Micale

Proposta ofensiva da Seleção, marcação eficiente de todos os homens e jogo coletivo fizeram com que o Brasil deixasse ótima impressão, principalmente no primeiro tempo. Alterações no segundo mudaram o estilo de jogo da equipe.

DESTAQUES NO JAPÃO

SOBE

Começo do segundo tempo da equipe japonesa foi muito bom. No primeiro lance, Uilson foi exigido. A zaga brasileira saiu jogando errado, Kohrogi conseguiu tomar a bola e tocou para Nakajima. O camisa 10 japonês tentou bater colocado e parou em Uilson.

DESCE
Pênalti em Felipe Anderson! Aos dez minutos do primeiro tempo, Felipe Anderson foi derrubado dentro da área e o juiz não deu o pênalti. Lance bobo da zaga japonesa, que encontrou muita dificuldade no primeiro tempo de jogo.