Mathes Dantas
26/03/2016
00:29
Rio de Janeiro (RJ)

A Seleção Brasileira parecia que iria golear o Uruguai, em noite inspirada de meias e atacantes nos primeiros minutos de jogo. Mas no fim: 2 a 2, com falhas defensivas e atuação desastrosa de David Luiz. Confira as notas do jogo:

BRASIL

7,0
Alisson

Poderia ter defendido a finalização de Suárez, que empatou a partida, mas se redimiu com boas defesas nos últimos 20 minutos do confronto.

6,0
Daniel Alves

Sem problemas na defesa, apareceu com frequência no ataque. Apesar de alguns erros de passes, foi bem.

6,5
Miranda

Teve muito trabalho para marcar Cavani e Suárez, levando a melhor em alguns dos lances. O melhor homem da defesa brasileira.

3,0
David Luiz

Teve dificuldades na bola aérea, se posicionou mal demais - dando condições de jogo para Suárez e Cavani - e falhou nos gols do Uruguai. Atuação desastrosa.

5,0
Filipe Luís

Não acompanhou Carlos Sánchez no primeiro gol do Uruguai e apresentou algumas falhas de posicionamento.

6,5
Luiz Gustavo

Teve atuação discreta, caindo de rendimento no segundo tempo. Por outro lado, cobriu bem as subidas de Daniel Alves ao ataque.

6,5
Fernandinho

Teve muita liberdade para ir ao campo de ataque, mas não concluiu bem as jogadas. Marcou bem os meias adversários.

7,5
Renato Augusto

Responsável pela saída de bola da Seleção Brasileira, ainda apareceu bem na área de ataque para marcar um golaço, que abriu o placar em Pernambuco.

7,0
Douglas Costa

Abriu o placar e passou fácil pelos marcadores no primeiro tempo. Depois, caiu de produção e acabou substituído.

6,5
Willian

Começou o jogo com tudo, dando uma bela assistência para o primeiro gol do Brasil. Sem receber a bola, ficou preso aos marcadores e não repetiu a atuação no segundo tempo.

6,5
Neymar

Jogando com liberdade pelo lado esquerdo, sobrou no primeiro tempo. Mostrou os recursos individuais de sempre, mas, como todo a Seleção, caiu de rendimento na etapa final.

6,0
Phillipe Coutinho

Entrou para organizar o meio-campo e não teve sucesso, muito por conta da desorganização do time. Tirando um chute perigoso, pouco pôde fazer em campo.

5,5
Ricardo Oliveira

Entrou nos minutos finais e não tocou a bola. Ficou isolado no ataque, assistindo a pressão do Uruguai.

-
Lucas Lima

Entrou no fim do jogo e não teve tempo para mostrar seu futebol.

4,5
Téc: Dunga

O esquema escolhido deu certo na etapa inicial. As escolhas individuais por David Luiz e Filipe Luís, no entanto, mostraram-se equivocadas. Após sofrer o empate, o time se perdeu e as mudanças não tiveram efeito algum.

Eliminatorias Copa2018 - Brasil x Uruguai (foto:Marcelo Machado de Melo)
Suárez e Neymar se cumprimentam (foto:Marcelo Machado de Melo)

URUGUAI

5,5
Muslera

Atuação regular. Não teve culpa nos gols do Brasil, mas também não fez grandes defesas.

4,0
Fucile

Recebeu a ingrata missão de marcar Neymar e Douglas Costa. Não teve sucesso.

5,5
Coates

Não mostrou segurança na saída de bola e falhou no primeiro gol do Brasil.

6,0
Victorino

Foi quem menos comprometeu na defesa celeste.

6,5
Álvaro Pereira

Um desastre na zaga - os dois gols do Brasil saíram em jogadas pelo lado esquerdo -, mas foi quem iniciou os lances dos dois gols do Uruguai.

6,5
Arévalo Rios

Cresceu na segunda etapa e fez desarmes importantes.

5,5
Matías Vecino

Apareceu apenas na etapa final, com boa movimentação.

7,0
Carlos Sánchez

Muita disposição e bons passes, inclusive duas assistências. No fim, atuou adiantado e acabou substituído.

5,0
Cristian Rodríguez

Não foi uma boa opção de ataque pela direita. Deixou o jogo no intervalo.

7,0
Luis Suárez

Em sua volta, "El Pistolero" mostrou a disposição de sempre. Com a bola no pé, teve duas chances claras: marcou um gol e parou em Alisson no fim.

7,5
Cavani

Abriu o placar e brigou o jogo todo com a defesa brasileira.

7,5
González

Entrou no intervalo e mudou a partida, distribuindo bem a bola.

6,5
Stuani

Entrou já nos minutos finais, mas deu trabalho para a zaga do Brasil.

7,0
Téc: Óscar Tabárez

Com uma alteração, arrumou a equipe no intervalo.