LANCE!
21/05/2016
15:25
São Paulo (SP)

O atacante Ytalo falou pela primeira vez como reforço do São Paulo. Destaque do Osasco Audax, vice-campeão paulista neste ano, o jogador assinou contrato na noite da última sexta-feira, vestiu a camisa do clube e explicou como foram as negociações com o Tricolor. A meta do atleta agora é de 28 anos curtir o melhor momento de toda sua carreira.

- Chegar ao São Paulo é a melhor etapa da minha carreira. Farei de tudo para agradar ao torcedor são-paulino e ajudar os meus novos companheiros. Estou muito feliz e motivado com esta oportunidade. Quando fiquei sabendo do interesse do clube, mesmo com outras propostas, não pensei duas vezes antes de assinar (risos). Espero dar continuidade ao meu trabalho, agora no São Paulo, e ajudar com gols ou assistências - prometeu, ao site do clube.

No Campeonato Paulista, Ytalo chamou atenção pela versatilidade. Apesar de ser o camisa 9 do time de Fernando Diniz, não ficava preso na área e conseguiu registrar cinco gols e seis assistências na campanha que só foi freada pelo Santos na final. Dois dos tentos do atacante, inclusive, foram marcados diante do São Paulo, na goleada por 4 a 1 do Audax nas quartas de final, em Osasco.

- Gosto de jogar como centroavante, mas também sei desempenhar outras funções táticas. Posso jogar pelas pontas ou pelo meio, o importante é ajudar a equipe. Sempre que tenho uma oportunidade, gosto de finalizar (risos). Seja com gols ou assistências, independentemente do esquema tático, estou motivado para ajudar - exaltou o alagoano.

Com exames médicos aprovados e contrato até dezembro assinado, Ytalo agora se apresenta a Edgardo Bauza na segunda-feira, quando começará os treinos no CT da Barra Funda. A concorrência no ataque será principalmente com Alan Kardec, já que o argentino Jonathan Calleri só fica enquanto o clube estiver participando da Copa Libertadores da América.

- Se tiver oportunidade, vou agarrar. Com trabalho, farei de tudo para mostrar meu futebol. Espero corresponder e retribuir esta confiança do clube. As chances são consequências do trabalho, e por isso estou bastante focado. eTr esta chance de trabalhar com profissionais vitoriosos é gratificante. O São Paulo tem um grande elenco e quero ajudar na briga por títulos - disse.