Calleri - Sao Paulo

Calleri atende a imprensa antes de embarcar em van do São Paulo e Cumbica (Foto: Bruno Grossi)

Bruno Grossi
25/01/2016
22:41
Guarulhos (SP)

A espera terminou. Na noite desta segunda-feira, o atacante Jonathan Calleri desembarcou no Brasil e, nesta terça, já deve ser anunciado como o quarto reforço do São Paulo na temporada. O argentino chegou ao país por volta das 21h30 e passou pelo saguão do desembarque do Aeroporto de Guarulhos, na Grande São Paulo, somente após às 22h15.

- Estamos esperando tudo terminar ainda, não assinei nada. Neste momento estou chegando para isso. Há muita expectativa, muita gana de que tudo dê certo. Tudo é muito lindo. Chego com muita gana para ganhar a Libertadores. Quero jogar, entrar no grupo logo. Estou tratando de terminar tudo, assinar contrato e já começar a treinar - resumiu o atleta de 22 anos.

O voo que partiu de Buenos Aires no fim da tarde desta segunda era esperado em São Paulo para as 20h35, mas seguidos atrasos em Guarulhos atrasaram o pouso da aeronave. Calleri era esperado por um funcionário do Tricolor que o conduziu com mais três acompanhantes para uma van que estava parada na rua. Com pressa, o argentino explicou o que o atraiu ao Morumbi.

- São Paulo tem um técnico muito ganhador (Edgardo Bauza), que venceu a Libertadores há dois anos (Com o San Lorenzo) e que fez muito para que estivesse aqui. Eu vi muitas partidas do time, já conheço o Centurión, Lugano é um pilar muito importante no Uruguai e tem o Kardec, que é um jogador que gosto muito. Vamos ver como tudo acontecerá amanhã (terça) - projetou.

Calleri - Sao Paulo
Jonathan Calleri entra na van do São Paulo que o buscou em Guarulhos na noite desta segunda-feira (Foto: Bruno Grossi)

Mais cedo, antes de embarcar na Argentina, Calleri chegou a dizer que gostaria de ter permanecido no Boca Juniors pelos próximos seis meses antes de atuar pela Internazionale (ITA). O atacante se incomodou com a maneira como os dirigentes de seu ex-clube apressaram sua venda, mas prometeu empenho total no São Paulo, com quem assinará até 30 de junho.

- Gostaria mesmo de ter ficado mais no Boca. É um clube que sempre me deu tudo e me formou como pessoa e jogador. Estou muito agradecido - disse.

ALARME FALSO
Se na chegada de Diego Lugano o Aeroporto de Guarulhos estava tomado de são-paulinos, o desembarque de Calleri foi quase no anonimato. Horas antes do voo chegar, três pessoas passaram pelo desembarque com a camisa do Tricolor, mas nenhum parecia saber da chegada do argentino. Depois, uma senhora apareceu carregando um balão com o símbolo do São Paulo, mas apenas esperava o filho voltar de longa viagem. Por fim, alguns torcedores que se informaram sobre o centro das atenções da imprensa conseguiram parar Calleri para guardar as primeiras recordações com o atacante.

Calleri - Sao Paulo
Com balão do São Paulo, mulher apenas aguardava a chegada do filho que viajava e nem sequer conhecia Calleri (Foto: Bruno Grossi)