Apresentação do Técnico Edgardo Bauza no São Paulo

Edgardo Bauza será o comandante tricolor em 2016 (Foto: Marcello Zambrana/AGIF/Lancepress!)

LANCE!
06/01/2016
08:00
São Paulo (SP)

O São Paulo inicia nesta quarta-feira, às 12h, a pré-temporada de 2016, sem a presença da imprensa no CT da Barra Funda. A principal novidade está no banco de reservas, com a chegada do técnico argentino Edgardo Bauza. Ele terá a missão de reconduzir o Tricolor às conquistas após as perdas significativas de Rogério Ceni, Luis Fabiano e Alexandre Pato. O clube já acertou com o zagueiro Lugano e o lateral-esquerdo Mena, mas ainda nenhuma contratação foi anunciada pela diretoria são-paulina. A primeira fase da Libertadores, em jogo mata-mata contra o Cesar Vallejo (PER), nos dias 3 e 10 de fevereiro, é o primeiro grande teste do Tricolor na temporada.

QUEM CHEGOU E PODE CHEGAR:

O São Paulo fará sua pré--temporada no CT da Barra Funda, como de costume, até a estreia no Paulistão no dia 31 de janeiro, em Campinas. Com o elenco que Bauza tem à disposição hoje e as peças já encaminhadas, o time-base é: Denis; Bruno, Rodrigo Caio, Lugano e Mena; Breno, Thiago Mendes, Michel Bastos e PH Ganso; Rogério (Centurión) e Alan Kardec.

QUEM SAIU E PODE SAIR:

'Volta enfraquecido', por Bruno Grossi, setorista do São Paulo no L!

O São Paulo inicia 2016 da mesma forma como terminou o ano passado, com alívio só de última hora. Depois de assegurar vaga na fase preliminar da Copa Libertadores da América apenas na última rodada do Campeonato Brasileiro, o Tricolor teve dificuldades no mercado e só conseguiu fechar com seus primeiros reforços no último dia antes do início da pré-temporada.

O elenco se reapresenta no CT da Barra Funda para o primeiro contato pessoal com o técnico Edgardo Bauza, contratado na segunda quinzena de dezembro de 2015. O treinador argentino chega respaldado por títulos na Libertadores e coloca como primeiro objetivo a reconstrução do sistema defensivo da equipe, que não terá Rogério Ceni pela primeira vez em 25 anos.

Para isso, as presenças de Diego Lugano e Eugenio Mena serão essenciais. O uruguaio será o líder experiente que Bauza tanto aprecia em seus times, enquanto o lateral-esquerdo chileno compensará os problemas do Tricolor na posição no último ano. Além disso, a chegada da dupla também serve para acalmar a torcida, que clamou por meses pela volta de Lugano e aponta Carlinhos e Reinaldo como culpados da irregularidade em 2015.

Há, no entanto, lacunas a serem preenchidas. Thiago Mendes terminou como o único homem de marcação em alta e agrada mais como peça mais livre para sair para o ataque. Assim, Bauza tem duas opções: ajudar a diretoria a contratar um volante mais marcador (indicou Néstor Ortigoza, mas o San Lorenzo negou empréstimo) ou aplicar teste feito por Juan Carlos Osorio com Breno atuando na posição.

Na lateral direita, Bruno não é unanimidade e seu reserva Auro não inspira confiança. Hudson pode ser improvisado no setor, que tinha como alvo favorito o argentino Julio Buffarini, outro treinado por Bauza no San Lorenzo, mas que renovou com o clube de Buenos Aires até 2019. Por fim, a última lacuna é na reserva de Alan Kardec, que não terá mais a concorrência de Luis Fabiano e Alexandre Pato. Kieza é o favorito à vaga.

OS PRIMEIROS DESAFIOS DO ANO:

Paulistão
31/1 - Red Bull x São Paulo
3/2 - São Paulo x Água Santa (será remarcado por conta da Libertadores)
​10/2 - São Paulo x Mogi Mirim (será remarcado por conta da Libertadores)
14/2 - Corinthians x São Paulo
21/2 - São Paulo x Rio Claro

Libertadores
3/2 - Cesar Vallejo (PER) x São Paulo
10/2 - São Paulo x Cesar Vallejo
17/2 - São Paulo x The Strongest (se passar da 1ª fase)