André Jardine - São Paulo

O auxiliar Pintado conversa com Jardine no treino desta terça (Foto: Ana Luiza Rosa/saopaulofc.net)

LANCE!
09/08/2016
18:02
São Paulo (SP)

Se depender dos jogadores do São Paulo, o técnico interino André Jardine será efetivado no comando do time. Pelo menos foi isso o que disse o volante Thiago Mendes nesta terça-feira. O camisa 23 elogiou Jardine e disse que se sentiu até melhor, em um jogo, do que com o argentino Edgardo Bauza.

- Com certeza, seria sim (efetivado). Não só eu como outros jogadores gostam do jeito dele de treinar. Cabe à diretoria, mas não só eu como outros, queríamos ele como treinador - afirmou Thiago Mendes.

Técnico do Sub-20, Jardine teve dois dias de treino antes de encarar o Santa Cruz, no último domingo, e saiu do 4-2-3-1 de Bauza para o 4-1-4-1. Nesse esquema, João Schmidt jogou à frente da zaga, Thiago e Hudson com mais liberdade pelo meio, Cueva e Kelvin mais abertos e Chavez de referência. Resultado: 2 a 1 e o fim do jejum de cinco jogos sem vitória. Thiago Mendes aprovou e achou até melhor do que quando jogava com Bauza.

- Com certeza (sentiu-se mais à vontade), função nova, com mais liberdade. Teremos de corresponder dentro de campo, ele deu liberdade para fazer o bate e volta, chegar nos atacantes e facilitar a vida dos zagueiros. Liberdade para explorar nosso potencial - afirmou, referindo-se a mudança de esquema tática adotada pelo interino.

O volante ainda falou sobre as diferenças do trabalho do interino para Bauza, que assumiu a seleção da Argentina. Mais uma vez, elogios a Jardine.

- O Bauza priorizava a marcação, muito, e pouca infiltração para os atacantes. E o Jardine gosta de sair para o jogo, consegue explorar bem as costas dos adversários. E no momento você viu que correspondeu bem, poderia ter saído com placar mais largo - afirmou o camisa 23.

A diretoria do São Paulo não fala sobre efetivação de Jardine, tampouco sobre os possíveis nomes para substituir Edgardo Bauza. Apenas diz que o sucessor deve ser brasileiro.