Cruzeiro x São Paulo (Foto: Thomas Santos/AGIF)

Centrovante provocou a torcida cruzeirense após marcar de cabeça (Foto: Thomas Santos/AGIF)

LANCE!
08/11/2015
20:30
São Paulo (SP)

Luis Fabiano vive nova fase sob o comando de Doriva. Se entre as passagens de Muricy Ramalho, Milton Cruz e Juan Carlos Osorio o centroavante havia marcado nove gols na temporada, com o novo treinador já são três em seis partidas - duas na Copa do Brasil e quatro no Campeonato Brasileiro.

O de ontem, contra o Cruzeiro, poderia ter sido perfeito. O artilheiro completou 35 anos e comemorou um aniversário pela primeira vez em campo pelo Tricolor. Além disso, o gol de cabeça após escanteio cobrado por Alexandre Pato foi o centésimo da equipe em 2015 e foi acompanhado de provocação para a torcida mineira.

HOME - Cruzeiro x São Paulo - Campeonato Brasileiro - Willian (Foto: Daniel Oliveira/Fotoarena/LANCE!Press)
Só deu bigode! De virada, Cruzeiro bate o São Paulo no Mineirão

As últimas vítimas do camisa 9 haviam sido Vasco da Gama, em chute com o pé esquerdo, e Sport, em finalização com o pé direito. Neste domingo, pela 34ª rodada do Brasileiro, o atacante completou o repertório com cabeçada precisa.  Já Alexandre Pato, que segue como maior artilheiro do ano com 26 gols, perdeu duas chances claras e Michel Bastos, outro com 12 tentos no ano, teve atuação discreta no embate com os celestes.

- Fizemos um gol com o Luis, mas criamos pouco. O Cruzeiro impôs um ritmo muito forte. Fizemos um ajuste no intervalo para ter mais eficiência (Michel Bastos foi recuado para o meio ao lado de Paulo Henrique Ganso), criamos chances, mas infelizmente não conseguimos sair com o resultado - ponderou Doriva, sobre o poder de fogo do Tricolor na derrota.

O São Paulo agora terá mais dez dias para corrigir os defeitos da equipe antes de voltar à briga por uma vaga no G4 do Brasileirão. Na 35ª rodada, o Tricolor encara o Atlético-MG no Morumbi, às 22h do dia 19. A diferença para o Santos, quarto colocado, agora é de um ponto.