Pacaembu

São Paulo mandará jogos no Pacaembu (Foto: Divulgação)

LANCE!
12/10/2017
16:04
São Paulo (SP)

O São Paulo aproveitará esta sexta-feira para se ambientar ao Pacaembu. Durante a tarde, a equipe fará um treino aberto à imprensa, na véspera do confronto diante do Atlético-PR, marcado para as 21h de sábado, que inicia uma sequência de cinco partidas do clube com o estádio municipal como casa, já que o Morumbi receberá shows nas próximas semanas.

O treinamento será realizado às 15h, com uma entrevista coletiva na sequência. Diferentemente do que tem ocorrido nos últimos trabalhos antes das partidas, Dorival Júnior, segundo o que foi informado pelo clube, permitirá que os jornalistas acompanhem toda a atividade, que ocorrerá menos de 24 horas após uma partida do Brasileiro - Palmeiras e Bahia se enfrentarão no Pacaembu nesta quinta, às 21h.

Para o jogo contra o Atlético-PR, este treinamento será o único exercício envolvendo quem foi titular na derrota dessa quarta-feira, para o Atlético-MG. Nesta quinta-feira, antes de a delegação embarcar de volta para a capital paulista, os reservas fizeram treino técnico na Cidade do Galo, em Belo Horizonte, enquanto os titulares descansaram no hotel.

Dorival deve fazer, ao menos, duas mudanças na escalação: o zagueiro Arboleda e o meia Cueva, que ficaram de fora porque atuaram em Equador e Peru, respectivamente, na terça-feira, retomam suas vagas no time nos lugares de Bruno Alves e Jonatan Gomez, que atuaram mal contra o Atlético-MG.

O técnico não perdeu ninguém por suspensão e aguarda a recuperação física do atacante Gilberto, que tem contratura na coxa esquerda, e do zagueiro Lugano, que, apesar de sentir desconforto na panturrilha direita, ficou no banco nessa quarta-feira. Seguem como desfalques os atacantes Brenner, que disputa o Mundial sub-17, e Morato e Wellington Nem, que operaram seus joelhos direitos e não atuarão mais nesta temporada.

Além do Atlético-PR, às 21h deste sábado, o São Paulo jogará no Pacaembu contra o Flamengo, no dia 22, o Santos, no dia 28, a Chapecoense, no dia 9, e o Botafogo, em 19 de novembro. Retorna ao Morumbi somente para enfrentar o Bahia, na última rodada, que deve ocorrer em 3 de dezembro.

A derrota para o Atlético-MG, na quarta-feira, deixou o Tricolor sob risco de voltar à zona de rebaixamento nesta quinta-feira. O time tem 31 pontos e, por enquanto, está em 14º lugar, mas retornará às quatro últimas colocações se Ponte Preta e Fluminense não perderem de Santos e Flamengo, respectivamente, e o Sport vencer o Vitória, em Salvador.