Bruno Grossi
12/02/2017
16:59
São  Paulo (SP)

Com mais de 48 mil ingressos vendidos, o Morumbi ficou cheio para o reencontro de Rogério Ceni, agora como técnico, com a torcida e para a apresentação dos dois últimos reforços da equipe. O volante Jucilei e o atacante Lucas Pratto apareceram no gramado antes da partida contra a Ponte Preta, pela segunda rodada do Campeonato Paulista, e saudaram os tricolores.

As crianças que recebem os atletas antes dos jogos formaram fila para cumprimentar as contratações, logo na saída do vestiário. Em campo, o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o vice de futebol José Alexandre Médicis e o diretor de futebol José Jacobson esperavam os atletas. Jucilei foi o primeiro a ser chamado, enquanto Pratto subiu na sequência.

O volante ouviu gritos de "É, Jucilei!". Para o argentino, duas músicas foram cantadas: "ô lelê, ô lalá, o Pratto vem aí e o bicho vai pegar" e "ô, ô, ô, hermano artilheiro, matador do Tricolor, Pratto!". Poucos minutos antes, o sistema de som anunciou a escalação para o duelo com a Macaca e três nomes foram ovacionados: Rogério Ceni, Lugano e Rodrigo Caio.

Vaias tímidas seguem atrás do zagueiro Lucão, mas o principal alvo desta vez foi João Schmidt. O volante não aceitou propostas de renovação e deve ir à Atalanta (ITA) assim que o vínculo com o São Paulo terminar em junho.

Outra novidade foi a volta da música "Hells Bells", da banda australiana AC/DC, na entrada do time em campo. A canção é uma das favoritas de Ceni, que pedia para que ela fosse tocada em sua época de jogador.