Doriva - Técnico São Paulo (Foto: Maurício Rummens/Fotoarena/Lancepress!)

Doriva não é mais o treinador do São Paulo (Foto: Maurício Rummens/Fotoarena/Lancepress!)

LANCE!
09/11/2015
19:36
São Paulo (SP)

Mais um técnico não resistiu no cargo de técnico do São Paulo. Doriva foi o quarto treinador a comandar o Tricolor nesta temporada: Muricy Ramalho, Milton Cruz e Juan Carlos Osorio foram os outros que estiveram sentados no banco tricolor em 2015. É um número de técnicos maior, por exemplo, do que o rival Corinthians teve nos últimos quase oito anos: desde janeiro de 2008, Mano Menezes (em duas passagens), Tite (em duas passagens) e Adilson Batista foram os únicos que dirigiram o Alvinegro.

Desde que Muricy Ramalho deixou o Tricolor após o tricampeonato brasileiro, em 2009, o São Paulo se tornou uma máquina de trocar treinadores: Ricardo Gomes (2009/10), Sérgio Baresi (2010), Paulo César Carpegiani (2010/11), Adilson Batista (2011), Emerson Leão (2011/12), Ney Franco (2012/13), Paulo Autuori (2013), Muricy (2013/15), Milton Cruz, Osorio e Doriva comandaram a equipe do Morumbi. Osorio não foi demitido, já que deixou o clube para dirigir a seleção mexicana. Juvenal Juvêncio e Carlos Miguel Aidar foram os presidentes de 2008 a 2015.


Doriva foi contratado pelo ex-presidente Aidar, que renunciou após acusações de corrupção no clube. Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, assumiu e já vinha deixando claro, até mesmo publicamente, que o treinador não era o seu preferido. Milton Cruz será efetivado até o fim da temporada, quando um novo técnico será escolhido.

Doriva, ex-jogador do São Paulo, teve uma curta passagem como treinador: sete partidas, com apenas duas vitórias. Ele foi eliminado na semifinal da Copa do Brasil. O jovem treinador teve passagens recentes por Ituano, Vasco, Atlético-PR e Ponte Preta.