LANCE!
18/07/2016
18:51
São Paulo (SP)

O técnico Edgardo Bauza deu uma declaração nesta segunda-feira que pressiona a diretoria do São Paulo a trazer reforços nesta janela de transferências internacionais, que fecha nesta terça. Em entrevista à Radio Cadena Uno, da Argentina, o treinador não garantiu sua permanência no clube caso os jogadores que ele pediu não sejam contratados. A pergunta do repórter foi se ele sairá caso os reforços não cheguem:

- Vamos ver, sei quem estão tentando, na última semana me disseram isso. Porém, se não trouxerem jogadores, será muito complicado. Sei que estão trabalhando para trazer, também em conseguir alguém daqui de "jerarquia". Porém temos essa semana e aí quando a janela fechar vamos ver o que vamos fazer - disse Bauza.

Em seguida, o técnico foi então perguntado se sua situação será definida nesta terça, com o fim da janela de transferências. Vale lembrar que Bauza tem contrato até o fim do ano com o Tricolor e o acordo não prevê pagamento de multa.

- Não creio que amanhã. Sei que estão trabalhando e agora aceleraram tudo para trazer dois ou três jogadores importantes - afirmou Bauza.

Diante da fala de Bauza, é preciso um contexto. A relação com a diretoria sempre foi exaltada pelo treinador argentino, que reconhece o esforço para atender seus pedidos. Do outro lado, a cúpula entende que a postura do treinador é mais de que é preciso se reforçar para atingir os objetivos traçados e não de interromper sua passagem prematuramente.

Bauza pede, principalmente, pelo menos um centroavante para suprir as saídas de Calleri e Alan Kardec, e dois jogadores para atuarem na linha de três atrás do último atacante. Ele também gostaria de contar com o lateral-direito Buffarini, com quem foi campeão no San Lorenzo (ARG), mas a diretoria já o comunicou de que o modelo de negócio praticamente inviabiliza a vinda.

Sobre o centroavante, Bauza disse que falou até com Hernán Barcos, ex-Palmeiras e atualmente no Sporting (POR), mas que não há como trazê-lo agora. O alvo da diretoria, por indicação do técnico, é Milton Caraglio, centroavante argentino do Tijuana (MEX). O clube tem até esta terça para contratá-lo.