Auro no Sport

Lateral-direito Auro, em sua apresentação no Sport (Foto: Divulgação)

LANCE!
01/07/2016
17:16
São Paulo (SP)

A ida do lateral-direito Auro para o Sport acabou em uma grande lambança. Simplesmente porque o jogador não pode defender o clube para o qual foi emprestado pelo São Paulo, por já ter atuado em duas equipes diferentes em competições nacionais este ano - o regulamento da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) impede uma terceira.

A gafe foi confirmada pelo Sport, que diz estar negociando a quebra do contrato do garoto de 19 anos, emprestado pelo São Paulo até o fim do ano. Também emprestado, Auro disputou a Copa do Brasil pelo Linense e depois entrou em campo no Brasileiro pelo Tricolor este ano. O jogador, por sua vez, confirmou o imbróglio e disse que se reapresentará ao Tricolor ainda neste sábado.

"Volto pro São Paulo e amanhã mesmo já estou ralando no CT. Nossa história continua e ainda vamos ser felizes demais", escreveu em sua conta no Twitter.

Já a diretoria do Sport se manifestou pelo executivo de futebol André Zanotta, responsável pelas negociações.

- Nosso departamento de registros detectou que o Auro já havia disputado duas competições nacionais por clubes diferentes, a Copa do Brasil, pelo Linense, e o Campeonato Brasileiro, pelo São Paulo. Sendo assim, de acordo com uma lei da CBF que não permite que um mesmo atleta atue em competições nacionais por três clubes diferentes, o jogador não permanecerá conosco e seu empréstimo já está sendo destratado junto ao São Paulo - afirmou André Zanotta, em entrevista reproduzida pelo site oficial do clube.

Revelado em Cotia, Auro é visto como uma promessa pelo São Paulo e vinha sendo utilizado pelo técnico Edgardo Bauza, seja como lateral ou ponta direita, mas o clube concordou em emprestá-lo por julgar que atuar pelo Sport serviria para ganhar experiência. Auro, por sua vez, viu uma oportunidade de atuar com mais frequência como titular, já que não estava entre as primeiras opções de Patón. Ele estava inscrito na Libertadores e seria um dos nomes trocados para a fase de semifinais.

A reportagem não conseguiu entrar em contato com o São Paulo para comentar a situação de Auro. Os representantes do jogador também estavam com os telefones desligados.