LANCE!
19/10/2017
06:10
São Paulo (SP)

O São Paulo voltou a falhar na missão de conseguir emplacar uma sequência de vitórias para fugir da zona do rebaixamento no Campeonato Brasileiro. A derrota para o Fluminense motivou críticas internas à postura do time e impôs uma situação indigesta para o torcedor: para não voltar ao Z4, terá de torcer para os rivais Palmeiras e Santos, que jogam nesta quinta-feira.

Na 14ª colocação com 34 pontos, o São Paulo voltará à zona do rebaixamento caso o Sport (34 pontos) não seja derrotado pelo Santos, o Vitória (33) vença o Atlético-PR e a Ponte Preta (32) derrote o Palmeiras. O Santos, que tenta encostar no líder Corinthians, encara os pernambucanos no Recife, enquanto o Palmeiras recebe a Ponte no Allianz Parque.

A situação incômoda acontece porque o São Paulo simplesmente não engrena. A única vez que a equipe encaixou duas vitórias consecutivas no Brasileiro foi na segunda e terceira rodada, contra Avaí (2x0) e Palmeiras (2x0), em junho, ainda sob o comando de Rogério Ceni. De lá para cá, o time vive sonhando com uma sequência que o afaste da parte debaixo da tabela, e o discurso esperançoso é repetido a cada rodada. Mas, desta vez, a paciência parece ter se esgotado.

- O time não amadurece. É inaceitável. Hoje pela desatenção, perdemos. Não temos maturidade. A gente ganha um jogo e um jogo depois... Não é bem assim. Precisamos da regularidade para uma recuperação. Mais uma vez falhamos. Vamos apanhar até aprender - afirmou Hernanes, irritado e cujo discurso foi corroborado pelo técnico Dorival Júnior.

Agora, o Tricolor tem dois jogos em casa, contra adversários que brigam em cima. No domingo, encara o Flamengo. Depois, no outro sábado, o Santos, ambos no Pacaembu. O alento é que o time vai bem melhor como mandante. Como visitante, foram 11 derrotas, apenas duas vitórias (Botafogo e Vitória). Em casa, a última derrota foi no dia 3 de agosto, 2 a 1 para o Coritiba.